segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Vi-te azul, em flor!

Luísa, Agosto 2010

Olhava o Cávado a passar e percebia o quanto lhe estava grata!
Esta flor, silvestre e atiradiça, espreitava a sebe verde, densamente organizada!
Esta, por entre outras, olhava com esperteza!
Virava-se ao sol e sorria com delicadeza!
Foi reflexo da cor que vestia o rio,
Foi espelho do calor que do sol recebia!
Foi flor em mim,
que de mim prendeu o olhar!
De mãos dadas com o rio, eu passei, apreciei,e
Vi-te azul, em flor!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Rasgos de luz...com sabor a vida!

Luísa - Agosto 2010
Deitada na cama de linho,
baloiçava o livro que me aquecia o colo!
Fechei os olhos por instantes,
como quem abraça a calma do fim de tarde!
Ouvi apenas um esquilo,
que subia alegre o pinheiro silvestre!
Entre ambos, o borbulhar do oceano brindava a tarde,
que se despedia!
Melhor música não havia...até chegar o sorriso de uma criança.
Um abraço, um beijo, histórias fantásticas de castelos na areia!
Enfim, uma benção com que a vida me premeia!

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Um beijo ao sol!

foto da net


Ofereci um beijo ao sol num fim de tarde, de verão!
Ele, retribuiu com calor, num gesto quente de ternura!
Veio intenso, veio impiedoso,
Veio convidativo à prudência de quem o recebe...
Acompanha-nos pela restinga,
segue-nos até à foz, num calor ruidoso que queima em cada nota,
como que de uma sinfonia se tratasse!
Todos apreciam o seu espectáculo e aplaudem com gratidão,
pois se a sua sinfonia fosse silenciosa,
a plateia emudecia sem emoção!

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Sorriso!!!

foto da net

Hoje, perguntaram curiosos, o que desejava para amanhã!
Aprendi com a vida, a valorizar os dias que se sucedem,
sem atropelos nem pressas!
Sorrio ao acordar por poder enfrentar um novo dia,
por sentir pela manhã o acordar de quem mais amo!
Sinto-me abençoada por vos ter, por convosco poder viver,
por vos ver ao meu lado sem medo da entraga ter!
Festejo a vida todos os dias!
Celebro este nosso viver a cada momento que passa!
E convosco, aqueço o coração e partilho o que recebo!
Estou em festa, sim!
Estou em festa por vos ter!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Cores do amanhecer

foto da net

Acordei e sentei na janela virada para o monte de Faro!
Esposende dormia, o rio passava sereno e o sol desenhava o seu trajecto!
Vinha cheio de encanto, dava já luz de fogo, cor de afago quente,
num amanhecer que se avizinha colorido!
Sobe calmamente, apaga a escuridão da noite e acende, gradualmente,
o dia que nos vem oferecer!
Vem aí o dia!
O dia dos minutos sem tempo!
Do tempo que veio para passar sem por ele dar conta nem para ele olhar!
Hoje, a ordem do dia é andar devagar!
Chegar à praia e contar os beijinhos do mar!
Olhar as dunas e a sua forma apreciar!
Vou com o sol, pois ele já me vem buscar!