terça-feira, 31 de maio de 2011

Da janela...

Foto de João Menéres


Olhei pela janela para ver-te árvore em ramos!
E nesse suporte de pássaros, deixei-me ficar com o olhar!
Penso alto, penso baixo, penso ouvir-te cantar...
Posso por cá vaguear nas palavras soltas da folha que caiu?
É que é sempre um prazer ver-te imagem num post belíssimo!

sábado, 28 de maio de 2011


imagem da net


Fez-se dia em luz numa alvorada serena.
Ouvem-se os pássaros a acordar num ensaio único de bom dia!
Chegam um a um...Organizam-se pelos canos do pinheiro!
Na ária que preparam,
 Adivinham-se bem recebidos, apreciados com um sorriso.
E cantam, cantam em odes afinadas como quem sabe ler a pauta da natureza!
Num gesto de companhia, toca a tecla da água,
há uma gota que cai num dó menor...e a música nunca acaba!
Hoje o dia faz-se claro e mereceu-me ouvi-lo acordar
numa sintonia entre os seres que não podemos ignorar!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Riscos naturais

foto de luísa


Estiquei o indicador e desenhei um traço no céu
Vinham nuvens para o esconder...mas depressa as fiz desaparecer!
Fiz ensaios com curvas, com rectas e paragens sem querer!
Nesta tela de desenho livre há vontade de viver,
de riscar e apagar, de marcar e relevar!
Há desenhos por pintar, obras por colorir,~
uma janela a colocar só para a poder abrir!
Voltei a esticar o dedo e apaguei o que não gostei de ver!
Arrisco mais um risco...sem perder o traço do que quero ser!

domingo, 15 de maio de 2011

Tempo de dar...

foto da net


É hora de dar, de ouvir sem falar!
É tempo de estar e de  mais nada tratar!
Ocasião de prender-me no olhar,
Momento de parar e observar!
Período de conviver, de tocar leve nesse teu rosto pesado,
e enrolar o teu cabelo num sinal único de amor!
Quando o teu sorriso voltar, estarei lá para o sentir...
...e de novo te pedir um colo de mimo e um pouco do sol do teu olhar!

terça-feira, 10 de maio de 2011

Amarelo esplendor!

foto da net


São mimosas!
Olhai que belos estão os nossos montes!
Erguem-se tufos amarelos no mais agreste terreno!
E, pelo abanar do ramo, há um pássaro que poisa e canta!
Invasão majestosa, no reino do agreste!
Hoje, amarelo esplendor...amanhã, verde imperador!
Hoje parei para a sentir, num olhar de perto,
e na natureza poder ouvir o mundo em concreto!

sábado, 7 de maio de 2011

Pedra sobre Pedra

foto de Luísa
Quando do caos se gerou o cosmos
a matéria encontrou equilibrios naturais!
Fez-se bela no tumulto,
ofereceu-nos formas fenomenais!
Quem olha e vê a natureza
abraça-lhe simpatias e tece-lhe rasgados elogios!
Ela tem cor, tem som, tem multiplas formas de vida,
dando-nos sempre matéria para nos surpreender!
Se um equilibrio desenhasse,
iria buscá-lo à tua serra,
traria esferas disformes,
e uniformaria a palavra de descrição:
Natureza é beleza!

domingo, 1 de maio de 2011

Dia da Mãe


foto de Papá

Quando escrevo sobre AMOR há um rosto de origem e outro de destino!
Há um sorriso seguro das orientações nos valores
Dos princípios delegados na familia
Da meiguice e do apoio!
Tu, mulher valente de saberes ímpares,
ensinaste-me o quanto é importante ter colo!
E que o mais importante do colo se chama "responsabilidade".
E tu, menina de olhos rasgados e sorriso aberto,
provas do meu colo e formas-te um ser apreciável!
E eu, mimada por ter colo, do meu colo dou para te ver sempre sorrir!
1 de Maio de 2011 - Dia da Mãe