sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Nicolinas


Nicolinas 2012 - Guimarães. foto da net
 O mundo já mexe enfiado em gorros e cachecois!
Hoje é dia do "Pinheiro"
A cidade dos Nicolinos, alimenta-se de rojões,
 aquece-se de verde branco e sai para rua a vibrar ao som do 
toque de caixas e tambores!
Hoje a noite prolonga o dia, e o dia, anseia a chegada da noite
Que o vosso serão seja seguro e pouco saudável,
quente e amigável!
Que a alegria contagie a cidade!
 Um toque de mim, para vós!

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Riso em cena

foto de  Luísa - by Tina

Em tom de aviso à plateia:
Ri-me do conto da vida
Quando a vida me chamou à cena!
Tal palco de encenações inesperadas,
actos e ensaios improvisados,
a vida entrou na representação!
O melhor de mim para a peça
é o sorriso frágil,
numa estrutura segura,
nos imponentes ensaios da vida!
O choro?
- O choro não mora aqui!

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Rendida

imagem da net


Cansaço medonho, enfadonho e mal humorado!
Padeces de banho quente, massagem e cama!
Cansaço atrevido em tempo, moído e em desalento!
Arruma-te para um canto, deixa passar o tempo,
cobre-te do frio e arma-te em tormento!
Vai cansaço maldito! Enche-te do choro aflito
de quem te quer ver longe...
Afinal, tu és somente cansaço!
Numa noite de sono dormida quentinha,
ficas-te arrumado,
tal coisa indesejada numa noite fria de outono.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Verde Passagem

Pedras - Fafe - foto by Luísa

Cresce o verde empedrado
tal fronteira que limita o crescimento!
Cresce lento, envergonhado,
pedindo a quem passa que o pise, sem lamento!
Crescem fitas em vaso,
que furam a terra para do chão beber,
crescem vivas, espevitadas,
prosperam ordenadas,
para que quem vier e passar,
assista serenamente, a vê-las desenvolver...
Hoje passei por aqui.



sábado, 23 de novembro de 2013

Fogo-luz

Fogo - foto by Luísa

Serve a luz para aquecer e o frio se afastar?
Serve o calor de uma acha para o frio apaziguar?
Serve sim!
Ajusta-se ao tempo a lida dos cestos de lenha,
a envolvência das pinhas alimentadas do verão,
e as doces tertúlias de uma noite de sofá!
Serve a luz para aquecer a conversa, projetar o Natal,
reinventar o tempo de luz e fazer nascer calor no sítio onde moramos e alojamos os nossos sentimentos, o nosso lar!



sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Especialmente para TI, HN

Andorra - Foto de Hugo Nunes

Esta foto cheira a saudades!
Cheira a olhares frios de distancia!
Deixa-nos tilintar por aquilo que imaginamos ser a falta do teu sorriso presente,
de uma conversa amena em casa,
de um abraço dado à "Pisca"!
A estrada que apanhaste tem regresso,
e tudo nesta vida tem um sentido, sabias?
O nosso maior desejo é que o sucesso e a felicidade te abracem,
já que este país te empurrou para outras fronteiras.



quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Caruma aprumada...ao sol!

Parque Porto Seguro - Fafe - foto by Luísa


Foi assim que se mostrou o sol,
desenhando contornos nas pinhas do chão,
enquanto descia para se sentar
na caruma aprumada de rebeldia!
Um dia, quando o outono se despedir,
já vai alto, de partida,
deixando os raios distantes de olhares
numa certeza de regresso sem medida!






terça-feira, 19 de novembro de 2013

Ondas do mar

Ofir - novembro 2013 - foto by Luísa


...e, no choro do dia, afogou as lágrimas nas ondas do mar!
Deixou-as cair, inocente!
Fundiu o turbilhão de ideias nos ideais das marés
e quedou-as perdidas sem rumo, sem fé!
Brilharam os olhos que beberam o mar
e inspiraram oxigénio suficiente para viver  e continuar a sonhar!
O dia? O dia passou entre a chuva, o céu e o mar!


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

As letras da natureza

Ofir - novembro 2013 - foto by Luísa

Impossível não pegar no lápis e sobre ti escrever.
Basta redigir o que o olhar ditou e no ouvido sussurrou:
"-Calça-me de capim, daquele verde musgo que beija o rio!
Desenha-me uma bainha azul-água, daquele que se confunde com o céu.
Sim! E volta a desenhar uma barra de veludo que remate a horizontalidade do meu olhar.
Ah! Depois, escreve o sonho, aquele que poisa nas nuvens
e se enamora do poema escrito pelas mãos da natureza!"
Agora, vou poisar o lápis...


quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Acerto de rotas

foto da net "Aviões cruzados"

"Há sempre alguém que nos diz: -Tem cuidado!
Há sempre alguém que nos faz pensar um pouco!"
Há sempre, na vida, voos cruzados,
que nos fazem acertar as rotas pré definidas!
E, nesses voos audazes, jamais perdemos o tino...
...acertando as linhas traçadas rumo a novos caminhos!
Hoje, o voo foi rasante!
e TU, meu Deus, estiveste sempre comigo!



domingo, 10 de novembro de 2013

Desenhos inesperados

Foto de Luísa - agosto 2013


É no céu que se desenha o destino
Que se gera o tempo espectável
e
se riscam os riscos medidos!
Desenhos inesperados?
- Cartas de linhas a traçar..


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

O céu...bem perto de nós

Cine Teatro - Fafe


Quando entro naquela sala,
oiço música em cada poro de estuque!
Há história nas tiras de palco e no fresco de teto!
Aprecia-se a média luz, o sussurro da plateia,
o bem vestir das senhoras e os teatros com sala cheia!
...puxem a cortina! Vai começar o espetáculo!
A luz, o som, o silêncio entram em cena!

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Caminhando

Santiago Compostela - agosto 2013


Com passos de alegria,
descansamos embriagados de cultura!
Pelo sol que nos aquecia,
vivemos o olhar de Santiago...
...e seguimos caminho!

terça-feira, 5 de novembro de 2013

O amor...

Bayona - agosto 2013

Não há demissão no amor quando o mar  nos emprega.
Não! Não há!
Há antes conchas de luz, alianças de rocha, beijos de beleza natural...
...e sorrisos baixinho, em tom de fôlego perdido!
humm! Há amor pelo ar e um pouco de sonho em cada passo perdido!
Vamos juntos...caminhando!

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Ancorados em terra

Viana do Castelo - rio Lima - 2013

Ancorados em terra
Como quem espera o mote para sair...
Há um rio que os espera com águas a estalar no ancoradouro

e
ondas irrequietas assediando à estreia!
Lanças-me à água?
- Espero rio dentro ir....


domingo, 3 de novembro de 2013

Um raio de sol

foto de Luísa - Ofir - novembro 2013

No meio do vento e chuva intensa
Ofir vestia-se de sol e água imensa!
Passava o Cávado cheio de repleto sossego
numa brincadeira de meninos entre o caudal e a margem!
E, o verde que o ladeia, alagava-se de entusiasmo,
pela sede saciada de uma manhã em copioso choro!
Ah! Natureza suprema!
Trazes nuvens brincalhonas e sopros de vento forte,
num ensaio de resistência
ás raízes que por cá moram!
Entre as cores do teu leito,
brilhavam raios de sol a preceito.
Hoje, vou tentar copiar-te o brilho,
nem que seja só numa tempestade de palavras...





sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Escrevi no chão

foto da net


Escrevi no chão, amor!
Escrevi no chão amor!

Escrevi com cor o pulsar do coração e os batimentos sentidos
Escrevi esperança, escrevi união, escrevi todos os sentidos,
com o nome paixão...