terça-feira, 17 de janeiro de 2017

De hoje...

Foto de Luísa Vilaça.
foto de Luísa
Vejo-te de hoje,
de ontem!
Vejo-te de amanhã
num futuro já ali,
perto de mim!
Não te vejo ao certo,
nem na dúvida de ti em mim!
Apenas te vejo!
Vejo-te na certeza do sonho real,
na divagação da tertúlia,
num chá quente de fim da tarde!
Vejo-te.
Apenas te beijo.




segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

S de saudades



Há dias em que a saudade se pinta de lágrimas
Caem livremente:
uma pelo sorriso,
outra pela voz,
aquela pela humor sábio,
e outra pelo sorriso, novamente!
Desliza aquela pelo teu sofrimento
e esta pelo carinho com que falavas do teu tormento!
A saudade é um banho de lágrimas sem bálsamo!
É um atestado da nossa incompetência
por te sabermos bem, jamais te vendo!
A saudade toca Morricone e vê cinema Paradiso.
A saudade hoje bateu-me.

sábado, 14 de janeiro de 2017

As pedras também choram

Foto de Jorge Elisa Oliveira.
Foto de jorge elisa oliveira - Aldeia do Pontido - Fafe

Sentam-se firmes, seguras,
imutáveis no tempo e local!
Todos lhes invejam a calma,
sapiência,
a capacidade de se manterem de pé,
sentadas na margem da vulnerabilidade!
Seguram-se expostas,
escondidas entre si
pela força da água!
O que se lhes vê é evidente:
- "as pedras também choram"!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Onda de aconchego

Foto by Luisa

Enrolada na saudade
do tempo embrulhado na manta
sem mais nada a fazer!
Suspiros de ar rasgados
ante o momento roubado ao gelo
na procura de um cavaco que aconchegue o livro!
Leituras de inverno,
num momento de sofá,
numa chávena de chá mergulhadas.
Reflexos de seda em lã...

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Ponderação...


Resultado de imagem para sentimento tumblr
foto da net


"O amor é um sentimento...
...nunca uma decisão!"

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

...muito do que me resta!

Foto de Luísa Vilaça.
foto by Luísa

Sou um pouco de mim 
e muito do que me resta!
 Amanhece, lentamente, 
na colina do meu olhar! 
Horizonte azulado, de quase-luz iluminado, observatório sereno da valsa do sol! 
Levantem-se! 
O espetáculo vai começar! 
Aplausos para o palco! 
Já se vêem as vestes do dia! 
Já se sentem os acordes a tocar! 
Depressa, devagar, acordem! 
Despertem!
Um sentimento de mim,
numa linha de céu a desenhar!

domingo, 8 de janeiro de 2017

Luz apagada

Foto de Luísa Vilaça.
foto by Luísa

Chamar a luz
e apagar-se no silêncio!
Ter cor de paz
e viver em guerrilha interna!
Dar-se na calma
e na alma escrever-se só!
Chamar a luz,
apagou o clarão.
Fundiu.
Fundiu-se!

sábado, 7 de janeiro de 2017

Desenhos...

foto by Luísa

Um sopro de luz
respirado pela ponta dos dedos
numa nuvem esticada no céu!
Desenhos de afetos
encontrados num ponto cardeal!
Rabiscos sem treino,
sem ensaios de direção,
numa tela pintada de cinza,
numa eterna emoção!
Entre o céu e a lua,
entre um tudo que foi sonho
e um nada que acordou aqui...




terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Certeza

Imagem relacionada
foto da net

Na dúvida daquilo que sei
soube só que nunca acertei!


quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Falta-te algo

Foto de Luísa Vilaça.
foto by Luísa
Falta-te algo!
Tens as mãos inquietas
e o olhar não pára!
Falta-te a tecla do sonho
a escrita corrida de quem ama as letras
e as ensaia num bailado sincronizado!
Falta-te algo!
Papel. Lápis. 
Folhas em branco!
Sons da natureza,
sorrisos das ervas,
beijos de brisas!
Falta-te algo!
O tempo que te foge e orienta
num sentido perdido de escrita!
Escrever.
Ver.




quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Aliança

foto by Luísa

Só tu sabes tudo!
Retratos duma escrita solta
que nos retratam sem sermos nós!
Cumplicidade,
simbiose do olhar
num momento que um dia tocou forte,
fortalecendo-nos firmes no tempo!
Mais um pouco de vida,
mais um pouco de nós,
mais um muito sentir...
...tendo-te!



terça-feira, 15 de novembro de 2016

O teu olhar de perto!

Foto by Luisa


Adivinho-te dividido
talvez com o coração partido
fraturado pelas pedras seguras
que se vão desmoronando!
Sei-te num tempo corrido
onde o teu olhar profundo
capta as cores mais escondidas
das formas menos visíveis !
Sei-te tão pouco!
Mas do pouco que sei, sei que gosto muito
e no muito que gosto
dou-te o melhor de mim...
...sempre tão pouco!
Um beijo muito amigo.
Um xi-♡ do tamanho do mundo!

domingo, 13 de novembro de 2016

A ti

Foto by Luisa

Antes  que o tempo passe
 e não dure
Deixa a palavra escrita
Algo que de ti perdure
Te valorize no tempo...
Antes que o tempo passe,
Veste  o olhar de seda
Laça o cabelo sobre os ombros
Traça as pernas sob a cadeira
E escreve um momento de ti
Um tempo de vida cruzada
Entre o sorriso no amor
E a tristeza de te ver aqui..
...não estando!

sábado, 5 de novembro de 2016

Aqui...

Foto by Luisa

Aqui,
aqui, onde o outono cai e voa rumo ao inverno, há um sol que espreita e abençoa a dança das estações!
Um diospiro que pede canela,
um azevinho que pede frio, 
o sol que abraça ambos
entre raios de brilho, ora mais longos, ora mais curtos...
Aqui, onde toda a vida estacionou!

domingo, 30 de outubro de 2016

Furos de luz...

Foto by Luísa

Furou o nada,
brilhou simples,
singela e quente,
furou!
Tocou-lhe o rosto,
atrapalhou-lhe o olhar,
aqueceu o sorriso,
invadindo-a...
Sedosa chegada,
quase em despedida,
beijou-a levemente
desenhando-lhe um novo traço
dando-lhe um pouco do seu ar...
Veio só por ela
Só nela poisou  o seu brilho
E nela fez nascer um pouco de tudo,
um muito de nada,
deixando-a vazia...
...como a encontrara.