Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2013

Amor é fogo que arde sem se ver

Imagem

Balanço 2013

Imagem

"BENVIDA"

Imagem
-Vês a porta aberta na casa do Paço? Tem receção de boas vindas, com cheiro bom a natureza verde! Tem história contada em cada pedra erguida, tem um mural de vida que convida a lá estar! Tem sonho, tem vôos por levantar... Anda, sobe a escada e senta-te em Pazo de Sabadelle, sente o calor de bem receber num espaço que é teu, meu, de quem ousar um dia lá  estar e sentir como é bom fazer parte da casa! Degrau a degrau, sobe rumo ao encanto de uma casa especial!

O meu presente para ti

Imagem
É assim que vejo Natal, Entre a felicidade de um laço de afeto  e o embrulho da partilha de tudo o que sou! Este ano? Este ano sou a inscrição esculpida do amor num copo de leite, com espaço reservado para doçura! Sou um sinal de aquecimento para momentos de sofá! Sou a agulha que se enlaça no linho e deixa a flor desabrochar! Este ano sou mais mãos de afeto, num sinal de mim para ti! Espero que gostes!

Premonições...

Imagem

Não desistas

Imagem

Delegação de competências

Imagem
Luísa Vilaça - outubro 2011 - foto de Justino Vilaça (papá)
Quando o queixo te treme e a voz solavanca, quando olhas para Deus e agradeces o que construíste, quando abraças a família e nos queres dizer o quanto nos amas... Quando me escolheste porta-voz da linguagem d´alma e me fizeste interprete da tua missiva. Olhei-te nos olhos e escrevi-te pela emoção! Desenhei o teu sentir em cada pestanejar, em cada ruga franzida para de ti falar...por ti falar! Orgulhosamente,  falei de mim, para ti, em nome do amor que a todos nos dás! As vírgulas ficaram para trás. Obrigada, papá!

Finalmente, preparação do Natal

Imagem

Sentar no outono...

Imagem
foto da net

Adormeceram as folhas calmamente no solo, numa leitura de contos infindáveis... Contam o sol que as secou, a chuva que com elas chorou, o vento que as arrancou perto de um final feliz! Contam contos narrados num esquecimento sentido do tempo que as viu secar... Entra e senta no jardim, assiste ao espetáculo que a natureza te dá!


Porque me chamas "palavras"

Imagem

Hipérbole de Fenda

Imagem
Fomos ver a matemática que a ciência explica E na possível reta do olhar vimos a curva trajetória que interseta o conhecimento! Da procura de explicação: -"maravilhoso movimento da reta móvel que interseta o eixo de rotação". Parece impossível! Estás tão crescida!

Marés

Imagem
Corremos os oceanos em 5 horas de aventura! Mostraste a cor da felicidade em cada habitat visitado e deixaste no vidro refletido um traço do teu sorriso! Anuí ao teu pedido,  e viajei apeada no bote do imaginário... Hoje o conto está em navegação, numa qualquer onda de embalo. Escrevo a tua história, numa redação de vontade imensa de te ver sempre assim: feliz em todas as tuas marés!

Estranha loucura

Imagem

Casuística do olhar

Imagem

Sinais de fogo, o amor

Imagem
É no olhar que te leio e te sinto feliz e vejo como dominas  a linguagem de "apache", na subida célere ao posto de controle, na observação serena e pacata que fazes do que te rodeia! Como é fácil amar-te e dedicar-te a energia dos meus dias! Assim, sem mais nem menos, simplesmente porque tu és única!