quarta-feira, 31 de maio de 2017

Tela campestre

Foto de Luísa Vilaça.
foto by Luísa
Pediste-me que voltasse
Que trouxesse um  cesto de palavras
forrado a doçura e sorrisos!
Pediste-me que regressasse com letras
e delas fizesse uma moldura 
num quadro campestre
de veredas de alfazema!
Pediste-me que voltasse
num pequeno nada de tempo
e te deixasse um aroma de vida!
Aqui, num pedacinho de tela,
escrita por ti!


terça-feira, 30 de maio de 2017

Regresso

Foto by Luísa
Voltou,
desejou o  regresso
e matou a sede de tudo o que ficou por escrever!
Trouxe novas palavras,
inventadas dos lamentos perdidos no tempo,
escritas numa manta de trapos!
Voltou.
Simples como só ela,
suavemente pintada,
numa tela de cor amarela!
Voltou do nada,
pronta a escrever a vida
numa só penada...
O importante mesmo é que voltou!