Mensagens

A mostrar mensagens de 2017

Outono III

Imagem

Outono III

Imagem

Outono II

Imagem
Outono é brisa de folhas caídas num manto de tons pastel.
É sossego de paz erguida na pele que cheira a mel...
É poesia nos sons e nos aromas suavemente sentidos.
É um olhar cruzado na sabedoria do tempo.

Outono I

Imagem

Dias...

Imagem

Pensamentos 1

Imagem

Todo o calor é sol

Imagem

Sons de despedida

Imagem

Mobilling 2017

Imagem

Pontes de cor

Imagem

Saudades

Imagem
https://www.youtube.com/watch?v=WSkyoyyvnAY&list=RDWSkyoyyvnAY#t=0 Sorriso sábio, voz suave,  alegria ténue, quase apagada! Lembro muitas vezes... Lembrei ontem, imagina! Lembro hoje, vê lá tu! E, quando lembro,  oiço-te secar as lágrimas entre sorrisos perdidos e dores tão grandemente sofridas. Saudades escrevem-se com  Morricone e cinema Paradiso! Saudades escrevem-se com "P".

Dedicação

Imagem

Colo de mãe

Imagem

Tela campestre

Imagem
Pediste-me que voltasse Que trouxesse um  cesto de palavras forrado a doçura e sorrisos! Pediste-me que regressasse com letras e delas fizesse uma moldura  num quadro campestre de veredas de alfazema! Pediste-me que voltasse num pequeno nada de tempo e te deixasse um aroma de vida! Aqui, num pedacinho de tela, escrita por ti!

Regresso

Imagem
Voltou, desejou o  regresso e matou a sede de tudo o que ficou por escrever! Trouxe novas palavras, inventadas dos lamentos perdidos no tempo, escritas numa manta de trapos! Voltou. Simples como só ela, suavemente pintada, numa tela de cor amarela! Voltou do nada, pronta a escrever a vida numa só penada... O importante mesmo é que voltou!



Prioridades...

Imagem

Verde

Imagem

Olhar de alvorada

Imagem

Âncora de amor

Imagem

Amanhecer

Imagem

Se ouvisses a melodia...

Imagem

Gelei

Imagem

Abraço

Imagem
Abraço lentamente para que fique presa mais tempo Abraço raramente para que dure todo o sempre No abraço que dou Entrego-me sem reserva Esperando no olhar mesma entrega. Abraço!

Redações do olhar

Imagem

Entre sombras

Imagem

A cores

Imagem

Ritmos

Imagem

Ao encontro do sol

Imagem

Happy day

Imagem

Voltarei...

Imagem

Sem direção

Imagem

O que ouves?

Imagem
O que ouves tu no ribeiro?
O som do verde que fica
Ou o tom castanho mergulhado?
Que ouves tu no ribeiro?
Talvez oiças só o vento que passa
E as cores que, afogadas, em ti permaneçam!
Ouves o canto da cascata?
São as mãos da ternura num movimento mais rápido de afagos!
Ribeiro belo,
Ribeiro teu e meu
Dos sons e das cores
Das formas que lhes dei
Quando um dia comecei a sonhar..


Sei...

Mal sei escrever quando penso no que dizer Fica a escrita cativa no pensamento Ficam as letras guardadas em mim. Mal sei o que dizer quando penso no que pensas Ficam as palavras silenciadas no maduro baú da nossa história... Mal sei o que pensar Mal sei o que fazer Sei apenas do que faço  e de tudo o que fica por dizer... Sei-me. Sei-nos!

no vazio da palavra

Imagem
Fazem falta palavras ditadas diariamente na memória saudável da saudade! Fazem falta compromissos, datas marcadas no calendário, na reserva das horas que não existem! E, na falta do que faz falta, existe o vazio  sem escrever palavra!

Fuga de tempo

Imagem

Acordar

Imagem

De hoje...

Imagem
Vejo-te de hoje, de ontem! Vejo-te de amanhã num futuro já ali, perto de mim! Não te vejo ao certo, nem na dúvida de ti em mim! Apenas te vejo! Vejo-te na certeza do sonho real, na divagação da tertúlia, num chá quente de fim da tarde! Vejo-te. Apenas te beijo.



S de saudades

Imagem
Há dias em que a saudade se pinta de lágrimas Caem livremente: uma pelo sorriso, outra pela voz, aquela pela humor sábio, e outra pelo sorriso, novamente! Desliza aquela pelo teu sofrimento e esta pelo carinho com que falavas do teu tormento! A saudade é um banho de lágrimas sem bálsamo! É um atestado da nossa incompetência por te sabermos bem, jamais te vendo! A saudade toca Morricone e vê cinema Paradiso. A saudade hoje bateu-me.

As pedras também choram

Imagem

Onda de aconchego

Imagem

Ponderação...

Imagem
"O amor é um sentimento... ...nunca uma decisão!"

...muito do que me resta!

Imagem
Sou um pouco de mim  e muito do que me resta!  Amanhece, lentamente,  na colina do meu olhar!  Horizonte azulado, de quase-luz iluminado, observatório sereno da valsa do sol!  Levantem-se!  O espetáculo vai começar!  Aplausos para o palco!  Já se vêem as vestes do dia!  Já se sentem os acordes a tocar!  Depressa, devagar, acordem!  Despertem! Um sentimento de mim, numa linha de céu a desenhar!

Luz apagada

Imagem

Desenhos...

Imagem

Certeza

Imagem