Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2012

www.grifoplanante.blogspot.com

Imagem
Selo premio criado por Lina Reis
Hoje remeto para: www.grifoplanante.blogspot.com pois fui premiada no desafio do mês de julho. Visitem pois é um dos blogs mais bonitos que conheço. Grata pelo selo premio à Lina Reis Grata pelo desafio ao João Menéres!

Entre o rio e o mar

Imagem
Foto da net

Entre o rio o e mar É aqui que desde sempre me lembro de te amar! Entre os dias de praia a descansar E as noite de dança até o sol voltar! Entre a vinda da catraia nas nossas vidas, e o relógio a funcionar ao contrário do habitual! Entre os castelos de areia a contruir e os sonhos sonhados de mão dada em cada onda que beija o areal! É aqui de desde sempre me lembro de te amar!

Passo a passo, fez-se caminho!

Imagem
foto da net
Todas as pedras no caminho foram chutadas Fez-se límpído o trajeto e, passo a passo, se caminhou! Andou cambaleante sem cair, Tropeçou errante na aprendizagem! Saiu a correr pela vida e serenou quando a fez aliada! Hoje, olha a pedras como fonte de inspiração, aquelas que lhe mostraram a melhor forma de andar, tropeçando e andando, andando e aprendendo a caminhada! Passo a passo, fez-se o caminho...

Molhei a sandália ao pisar o mar

Imagem
foto de João Menéres - www.grifoplanante.blogspot.com

Ousei pisar a água sentir-lhe a cor... Fechei os olhos ao ouvir as gaivotas num voo suave de verão! Arrisquei ser uma delas, no toque calmo das ondas que se esticavam na praia... E consegui! Vagueei sem movimento neste momento certo de solidão acompanhada, junto à cor do sol que aquecia a terra e lhe dava o lusco-fusco do entardecer! Molhei as sandálias e saciei a sede do mar! Olhei-o com convicção e bebi inspiração do singular entardecer... Ousei pisar-te, mar!


Pensamentos...

Imagem
foto da net

Gosto de sentir o preenchimento da distancia, De apanhar o que foge entre os dedos E ouvir sem fala o discurso dos sábios loucos! Gosto do cheiro a bom gosto, Da calma da simpatia, do sorriso e da alegria de quem se senta ao meu lado! Gosto da serenidade, Da delicadeza, Do humor espontaneo e do olhar audível e mudo! Gosto de gostar, de gente de alma lavada e sem peneiras! Gosto do que é chique, do que tem requinte natural e nos alimenta o intlecto só de olhar! Gosto de estar sem estar, gosto de ir sem caminhar! Gosto de gostar, mesmo que gostando passe a não gostar.


Trocadilhos alinhados!

Imagem
foto da net

Quando te concentras, desconcertas Quando te alinhas, desajeitas Quando te viras para dentro, exteriorizas Quando te sorris, dás ares de desordem Numa ordem alinhada num concerto só de ti!