Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2011

O "Grifo" planou...

Imagem
Foto de João Menéres - http://grifoplanante.blogspot.com

Sei-te cansado de voar sobre o mar,
De abraçares todas as ondas e mimares as algas perdidas!
Sei-te observador em cada voo,
De olhos bem brilhantes e sorriso pleno quando olhas o mar!
Lembras-te da cor com que olhas o rio d´Ouro?
E das tonalidades com que realças as flores?
Do escorrega que dedicaste à Myra?
E do bosque de Pedras Salgadas que "silenciou o sorriso da menina"?
Sei-te de oiro! Sei-te da cor desse sol que aquece o oceano,
és do mesmo tom que liga ambos e com o qual nos pintas a despedida!
Voltas a planar, Grifo Planante?
Tens que voltar,pois sem ti a blogosfera deixa de ser interessante.

Som do vento...num tom de dança!

Imagem
foto da net

Sopra o vento, tão calmo, sereno...
...balbucia segredos,
decifra o sorriso que decora o teu rosto!
Há um vento que sopra e anima as tardes de sol!
Um vento que penteia as ideias e as alinha,
que lhes dá cor e lhes incute som...
...o tom da vida em danças ao som do vento que toca!

há mais amanheceres para inventar

Imagem
foto da net

Sabes aquele dia que amanheceu sem sol?
Quando as árvores mexiam sem abanar
Os pássaros voavam sem piar
E as cidades silenciavam o seu agitar?
Reinventamos a alvorada,
Desenhamos, com a ponta do dedo, a luz do dia,
e sorrimos perante tal amanhecer.
Há mais amanheceres para inventar...

Um olhar sobre a janela...

Imagem
foto da net

Deixo as cores do dia entrar numa janela aberta ao olhar,
e nos vidros ressoados escrevo "Sossego"!
Olho os segredos livres lá fora e penso no seu deambular!
Batem na vidraça que lhes faz ricochete...
Olho o mundo, a cidade, a rua,
Vejo a agitação, o rebuliço, e o múrmurio dali!
E cá dentro mora a calma,
a quietude de quem tem uma janela
de vidro transparente, aberta ao mundo!