sábado, 24 de fevereiro de 2018

Contos

E contou:
'Só faltou o abraço...
de presente entregou
a raiva, o amor,
a lágrima, o sorriso,
a morte de si
e a esperança de nada!
Sem força para abraçar,
refugiei-me  no vazio
silenciando o sonho,
arrumando as tralhas da mente!"

Regressou mais pobre do que algum dia foi,
afoita, despachada, vivendo intensamente
à espera de nada!