Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2014

Foi assim...

Foi assim, sem texto, sem ensaio sem cores e sem tom! Foi assim o mais carregado som da tua voz! Marcas que ficam e perduram Sinais de ti que sempre duram E no maior ruído de saudade aumento o som para te ouvir falar! Foi assim, um sinal de ti em mim!

Passando...

Escrever, não sei
Ler, não aprendi
Guardar a estante vazia foi lei
Do tempo que ainda não vivi!
Se guardar o lápis me fizesse escrever,
(talvez uns livros redigir),
encheria as prateleiras de casa
de lombadas a sorrir!
Passando pelo papel,
redigi um texto solto...
...e, dando conta que não sei escrever,
recolho-me, já morto!


ao amar...

Sem olhar, Sem ver Sem tocar, Sem sentir Sem ousar sequer perceber O que a alma ditou ao devir! Com visão cega Seguiu o caminho por traçar Pisou as pedras do chão Deixando a marca dos passos por dar num relance de tempo dado a amar! Foi. É. Assim sempre será!

Tinta

Em branco pintas de branco o papel do dia sem traços nem riscos para escrever! Falta-te tinta, cor, falta-te acreditar, olhar e ver que a cor é unicamente uma: aquela que tu queres ver!




Olhar

Imagem

Assim...

Imagem

Saudades de António Ramos Rosa

Imagem
Sei ler-te, se devagarinho! Tento soletrar a mensagem que deixas E repeti-la pelo olhar! Lembrar a tua dedicação ao "funcionário cansado" e reproduzir pedacinhos de ti um dia de cada vez: "A noite trocou-me os sonhos e as mãos dispersou-me os amigos tenho o coração confundido e a rua é estreita"

Poema do Funcionário Cansado, António Ramos Rosa




Toque de Cores

Imagem
Quantas cores tem o sol quando o céu se veste de véus? Tantas quantas o olhar deseja e o amor abraça! Todas aquelas que o sonho pinta e o sorriso esboça. Quantas? Tantas quantas vejo pelo tom do toque...

Diálogos pelo olhar

Ouviste-me falar a sorrir, dizendo num tom envergonhado o quanto gosto de cá vir! Não é pelo que vejo, nem pelo que te oiço dizer, é pela cor das palavras quando me medes sem querer! Falas de mim pelo olhar, sem a mim nada dizer! Enalteces, exagerado, um rosto redondo, expressivo, que pelos olhos também te diz: -"muito mais que um grande amor, és também o meu melhor amigo!"

Sentes a chuva

Imagem

Marés de letras

Imagem

Entardecer

Imagem

Ver o rio

Imagem

Brisas do norte...

Imagem

Para ti

Imagem
Já não lês o que escrevo nas nuvens Nem aprecias as palavras que dito ao céu Não ouves a redação do fôlego soprado ao vento Nem atentas ao meu olhar perdido na lua Ler para quê se me sentes sempre tua? Melhor fechar o livro , ouvir-te  na dissertação do silêncio e gritar bem alto ao mundo: O amor nunca acaba...e sempre será assim! (pelo menos para mim)

Voos sem asas

Imagem

Onde mora a calma...

Imagem

Mar

Imagem
Tens o sorriso que imaginava A doçura nas palavras e a calma iminente na voz! Tens mel na imensidão do olhar que me cruza e faz parar! Tens o som do silêncio quando preciso e o tom seguro de água agitada! Tens um brilho que ofusca ao luar e um reflexo de duna doirada neste tão imenso lençol de mar! Tens-me conquistada...

Palavras escritas ao sol

Imagem