quinta-feira, 3 de junho de 2010

Arte involuntária...na vida!



Num momento de repouso, ousei olhar o céu!
Vi-o estendido de azul, suave, sem manchas!
Senti-o um bom conversador no silêncio...
Qual Rembrandt, traçou uma pincelada na imensidão azul,
deixou-se pintar de branco e fez um rasgo no silêncio!
Em observação extasiada, estava eu, de repouso!
Questionava a sua serenidade perante as pinceladas involuntárias!
Tentava aprender a reacção aos traços deixados,
para que jamais deixassem marcas!
O céu não se viu ofendido!
E eu, aprendi com ele a não me deixar ofender!
Todas as pinceladas que ousarem pintar no meu quadro de vida,
farão de mim a mais bela obra de arte...
...numa "ronda diurna" de aprender a vida sem me deixar ferir!

17 comentários:

  1. Não vai acreditar...hoje ao sair de casa, olhei o céu...era esta a imagem ...e fiquei a pensar!...
    Quando aqui entrei até suspendi!

    Nem consigo dizer mais nada...

    Beijinho terno e um abraço mto apertado!

    ResponderEliminar
  2. Pois eu não tive tempo. Nem para o céu olhar!
    Problemas em cima de problemas.
    Tudo pela ignorância que tenho da informática e do muito que tenho entre mãos.
    Dentro de uma semana, espero estar mais presente...
    Posso deixar aqui um beijo para a MOMENTOS?

    Um beijo para ti, LUÍSA e obrigado por tudo.

    ResponderEliminar
  3. Boa noite Luísa,
    São momentos como este os progenitores de poemas assim... PERFEITOS E INTENSOS, DENSOS!

    Beijnhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  4. Lindo e hoje por aqui estava assim também.Consegui lindas fotos!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  5. Ola amiga.
    Vim deixar o meu carinho e afeto a vc. Estava com saudades, por isso eu vim. Por aqui ando muito ocupada. Mas os amigos moram no coração e pensamento. Por isso, sempre que tenho um tempinho, venho agradecer. Deixo um forte abraço, e até logo mais.
    Adoro você.!!!
    Carinhosamente,
    sandra

    ResponderEliminar
  6. Arte involuntária, são as mais belas..
    A natureza, prepara seus encantos.
    sandra

    ResponderEliminar
  7. "traçou uma pincelada na imensidão azul,
    deixou-se pintar de branco e fez um rasgo no silêncio!"
    minha querida Luisa, nao escreve todos os dias, mas qdo escreve é simplemente lindissimo!!!Tudo até o fim!!! te quero bem, muito, beijos

    ResponderEliminar
  8. Diz bem!

    Até o Homem, com outros fins acaba por dar-nos uma pincelada de arte.

    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Olá Luísa!

    Obrigada pelas visitas,pelas palavras, pelo carinho.

    um bom fim de semana,
    um beijinho,
    José.

    ResponderEliminar
  10. ...e é tão bom olhar o céu...eu olho-o todos os dias e nele colho o azul ou as estrelas...de dia ou de noite....é sempre céu


    beijinho Luísa

    ResponderEliminar
  11. Imagem e palvras bonitas mas, bjinho pa ti companheira da desgraça!lol!

    ResponderEliminar
  12. Rikardo,

    que a "desgraça" me torne cada vez mais forte!
    Que me ensine a olhar os outros e a ver neles o que têm de melhor1
    Que me ajude a ouvir mais do que falar!
    Que me empurre para o sucesso nas variadas vertentes da vida!
    A "desgraça" ainda vai ter que aprender comigo!

    Mil milhões de beijos

    ResponderEliminar


  13. Em rápidas pinceladas...
    uma pintura de texto!

    Este olhar vê muito!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  14. Olá luísa, belo texto...Espectacular....
    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Ainda sinto na natureza a expressão direta de Deus!
    Beijo grande amiga e obrigada pela força!

    ResponderEliminar
  16. obrigada pelo teu comentario no blog de meu irmao!!!!
    beijos

    ResponderEliminar
  17. ... para lhe deixar apenas um beijo... Gosto imenso das suas fotografias e do que escreve... (imenso...)
    Beijo (sentido)
    Ana

    ResponderEliminar

Olhares de perto