segunda-feira, 29 de abril de 2013

Eu gosto...

foto da net
 
Sabes que venero a simplicidade da cor da água
e
Que gosto de cheirar o aroma da singeleza da areia dunal!
Sabes que gosto de gostar do sentir,
De amar o simples e descobrir o que está por vir!
Sabes que sei dar-te um olhar silencioso,
de conversar sem ter tema nem diálogo,
de ouvir o que trazes de novo e deixar-te  tudo dizer!
Sabes-me residente da calma,
num endereço de alma,
como quem mora no chão, sem outro lugar ter para ir!
Sabes-me aqui,
e que
sem me procurares
me mostro escondida na subtileza do ser, porque eu
gosto de morar aqui, aí...

domingo, 28 de abril de 2013

sorte

foto da net
 
 
Procurei a sorte numa semente perdida na terra!
Encontrá-la depende do olhar lançado ao manto verde que se estende.
E, num gesto inesperado de busca,
dei contigo sozinho,
como quem espera quem te busque.
 Ficarás comigo até amanhã?
 


segunda-feira, 22 de abril de 2013

Profundidade no olhar

 
 
Quero descansar e viver em paz todo o resto dos meus dias,
não me rodear de quem me avalia em cada pensamento
e desviar-me do superfulo sentimento de ter.
Quero cobrir a razão de dúvidas,
de ponderar nas certezas e deixá-las fluir.
Quero andar devagarinho
no meu ritmo suave e ternurento num tom de valsa lenta!
Quero abandonar o registo de tarefa,
de evitar reter o que não presta em mim.
Quero descansar e viver em paz todo o resto dos meus dias,
num ritmo alucinado de fazer tudo o que está por fazer.
Quero apenas viver, num olhar de perto, do meu mais doce SER,
e voltar a dizer:
Gosto da profundidade do olhar, 
que me mostra despida de vaidades!
 
 
 
 
 

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Beijo de terra

foto de Luísa
 
Foi com um beijo de terra que o verde recebeu o sol,
Estendeu-se-lhe alegre num reflexo de luz imenso!
Hoje o valado comoveu o olhar numa lágrima emocionada,
recheada de vida!

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Conversas de lugares onde não há nada a dizer

foto da net
 
 
Posso no ruido falar calada
e no som silencioso deixar a marca do que fica por dizer!
Posso deixar o tempo passar
e com ele avançar aliada sem nada fazer!
Posso poder ver a falésia clarear sombria
e nela vou tentar me equilibrar!
Posso na conversa da vida preenchida
deixar vazio o lugar onde possas escrever SER!
 

terça-feira, 9 de abril de 2013

11 beijinhos...

foto de Luísa
 
É nesse teu olhar que me afundo
nessa ternura sorridente que encontro a justificação da caminhada,
mergulhando no teu ser vezes sem fim,
navegando na alegria desse teu imenso mar!
Nas ondas que navegas, há botes de proteção
e
faróis orientadoresque te guiarão até onde o sonho te levar!
Nas onze marés vividas dou conta da preamar
assistindo vaidosa às tuas marés!
Beijinhos especiais de PARABÉNS, filha linda!
 
 
 

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Mimo final...

fotos de Luísa
 
 
 
E o mimo portou-se assim,
num pingente de amor,
que falou por mim...
 
 
 


sexta-feira, 5 de abril de 2013

Laços de Ternura

foto de JOÃO MENÉRES - WWW.GRIFOPLANANTE.BLOGSPOT.COM

Adivinho-te a pensar:
 
"Pegam,
Agarram,
Prendem-me num toque!
Estendo-lhes com um sorriso o meu saber,
num regozijo imenso por as ter aqui!
Olham-me um esteio de afetos
e mal me sabem
um mural encantado por cada gesto oferecido!
E sorrio...
Reforço a minha ternura,
fortaleço o meu saber por as saber tão perto de mim!
Hoje, o meu olhar é de perto
o mais ternurento laço de amizade,
 num amor, estendido ao infinito, de mim...para elas!"

E assim, fechas a lente,
guardas a máquina...e rumas a novas aventuras mini-clip!

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Letras de...Amor

foto de Luísa


Hoje apeteceu-me escrever-vos no linho,
desenhar-vos ponto por ponto,
laçar-vos entre a agulha e o fio
prendendo-vos para sempre
no meu coração...
 
 
 
 

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Inesperadamente mimada

foto de Luísa
 
 
Inesperadamente mimada,
saboreio cada letra como se fosse perceber o mundo!
Todas as letras têm sabor de chocolate,
e
em cada paragrafo degostado
sinto o gosto de gostar de vós!
Sois igualmente diferentes,
num aroma de delicadeza ímpar!
1 de abril, um dia sem mentiras nos afetos...
...numa linguagem que tenho o prazer de vos ser seguidora!
De coração!