terça-feira, 11 de outubro de 2011

Outono...ou talvez ainda não!

foto de Luísa

Chegou o Outono,
estação da espiga, dos figos, das uvas e dos diospiros!
Das vindimas e dos típicos doces da avó!
Do cheirinho a doce quente e ao refrescar dos dias!
Das árvores de fruto recheadas e das uvas maduras nas ramadas!
Da apanha do marmelo para pôr o doce a corar...
Prepara-se a canela para os diospiros receber,
e aprumam-se os barrotes para pôr na lareira a arder!

12 comentários:

  1. Esses dióspiros são meus!

    ResponderEliminar
  2. Mais uns dias e o Outono assume que é tempo dele.
    As vindimas já forame nalgumas zonas com uma quebra de produção muito elevada.
    Sim, as tijelas de marmelada estão contentes com este calor do Sol.

    Vejo feliz as tuas fotografias, LUÍSA !

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. Mas ainda faltam os dias frescos e o cheirinho outonal...
    bjinho

    ResponderEliminar
  4. Bela composição sobre o outono. A ilustração está tão saborosa que me fez salivar. Abração.

    ResponderEliminar
  5. bom dia querida Luisa, que foto tao linda!
    voce me deu vontade de comer estas frutas que menciona ....aqui o tempo mudou de repente, està cinza e logico o vento frio nao para!
    bjes e obrigada pleos teus comentarios!

    ResponderEliminar
  6. Hummmm dióspiros ... como eu devoro esse fruto quando os apanho madurinhos :)))

    beijoka

    ResponderEliminar
  7. Gosto muito da lareira a arder!
    bjs

    ResponderEliminar
  8. Que outono mais cheio de cores e sabores!!
    Uma delícia o texto e a imagem!
    Beijo grande
    Li

    ResponderEliminar
  9. Está quase a chegar o fresquinho.
    beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. :):):):):):):):):):):):)
    Não pude deixar de Sorrir...experimentei hoje comer diospiros com canela, e percebi como são a combinação perfeita...
    Quando vi este post não consegui deixar de sorrir...
    Mais uma vez...coincidências???...nem preciso completar...ambas sabemos o resto:):):)
    Gosto tanto de cá passar...:):)
    Beijinho terno e Abraço apertado!
    A Catraia!:)

    ResponderEliminar
  11. Senti nos pés o pulsar da ilha
    Um farol avisa o longe do perto
    A lava encoberta na costa dormente
    Sete rumos e apenas um certo

    Neste Mar senti a vontade de prantear
    A nudez da noite no encontro do silêncio total
    Encobriu meu pranto das estrelas
    Uma zombeteira Lua marcou no dia o encontro final

    Mágico beijo

    ResponderEliminar

Olhares de perto