sábado, 5 de novembro de 2011

Fruto de Outono

foto de Luísa

Vi-te escarlate sobressair do verde musgo,
Olhavas a rua como quem pede saída!
Adivinhaste sol frio, numa manhã de Outono,
e apresentaste-te a sorrir!
Quão belo te mostras! Quão natureza picada de mel!
Prazer em conhecer, figo maduro, pirilampo de cor!
Voltarei a descer a calçada, só para de novo o olho te pôr!

14 comentários:

  1. Que lindo tudo e que foto maravilhosa! Deu pra sentir o gostinho daqui!beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Luiza, a foto está maravilhosa. É uma das minhas frutas prediletas e o poema é de uma sensibilidade incrível. Abração.

    ResponderEliminar
  3. hmmmmmmmmmm! linda foto me diste ganas de comer higos!!! e tbme tuas palavras tao "gostosas"||||
    beijos minha querida Luisa!

    ResponderEliminar
  4. Estive fora à tarde...
    O meu atraso tem desculpa ?

    Começo por te manifestar a minha enorme alegria por te ver entusiasmada a fazer TU as fotografias ( e como as fazes bem !...).

    Achei muita graça ao teu
    > figo maduro, pirilampo de cor! <

    Um beijo e o desejo que tenhas um bom Domingo.

    ResponderEliminar
  5. myconQue linda foto!!!
    Os frutos do Outono são kiwi, nozes, figos, marmelos, castanhas, diospiros.
    Gosto mt de frutos de Outono, é bom
    O Outono é uma estação muito bonita!!! Bjs grande.

    ResponderEliminar
  6. Poesia tão madura quanto o Figo!
    BJS

    ResponderEliminar
  7. Lindo Lu!
    E continua... porque a tua poesia é também um fruto que nos delícia em todas as estações.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  8. Oh Luísa!
    Que lindo texto, que deliciosa imagem!
    Voltei a infância... as 3 figueiras do meu avô trasmontano.
    No quintal, desde sempre.
    Figos suculentos
    e mais saborosos quando colhido após a chuva. Bacias deles.
    Comi figos desde nem me lembro quando e durante um bom e saudoso tempo.
    Não há mais o quintal, nem figueiras, tampouco os figos. Só mesmo a lembrança.
    um beijo

    ResponderEliminar


  9. Adoro FÍGADO!
    Ops!
    Digo, figo... ah! ah! ah!

    :o)

    ResponderEliminar
  10. margarida soares franco6 de novembro de 2011 às 18:09

    Tudo muito, muito bonito, Lu.

    Beijinhos e um resto de bom domingo !!!

    ResponderEliminar
  11. Hummmm gosto tanto de figos, e este, com um sabor especial da tua escrita ainda deve estar mais saboroso :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Unha intensa è dulcìsima armonia de cores..para soñar a vida no outono..è chove.

    ResponderEliminar
  13. Olá Luísa,

    Gostei imenso deste figo maduro assim aberto. Que bela fotografia!
    A comparação que fizeste com um pirilampo de côr foi bem gira, pois este vermelho vivo, assim de repente, aparecido na calçada, transmite uma luz da natureza-mãe fora de tempo e muito interessante.

    Beijos
    Branca

    ResponderEliminar
  14. Um fruto estranho e exótico. Uma maravilha da natureza (reconheço, mas não gosto).

    ResponderEliminar

Olhares de perto