sábado, 18 de fevereiro de 2012

Gripe, que te quero longe...



Veio silenciosa, calma e a convidar cansaço!
Levou-o à cama poucas horas depois com temperaturas elevadas, arrepios de frio e suores combinados!
Veio de garras afiadas, ofereceu espirros colossais, tosse seca e intolerãncia à luz...
Veio gripe!
Veio em tempo de noites frias, geladas, E em dias que experimentam a primavera!
Veio sem fantasias de carnaval, sem ensaios de samba nem folias de rua!
Veio assaz e feroz, numa certeza de repouso em tempo de recuperar...

9 comentários:

  1. E é só com repouso que ela passa.Danada,né? Boas melhoras!beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Ai também tens as malditas letrinhas ?
    TIRA-ME ISSO, LUÍSA !

    Pois eu tenho ( até hoje ) escapado à gripe !

    Melhoras para todos e que sejam rápidas !

    A tempo e horas, vacinei-me.
    Vamos a ver se resulta..


    Um beijo.

    João Menéres

    ResponderEliminar
  4. fica na cama no calorzinho...cuide-se sim estas letrinhas sao terriveis eu tbem tenho e nao sei como destruir elas!!!
    beijossssssssss

    ResponderEliminar
  5. Veio como vem, sempre, o verdadeiro amor. Veio para tomar conta de nossos corpos.

    ResponderEliminar
  6. Amiga...essa gripe!
    O tempo também nao ajuda não é? Volta depressa e seus melhores! Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Está cheio de letrinhas... As melhoras da gripe. Eu estou-me a safar!

    ResponderEliminar
  8. Ainda não conseguiste tirar as letras do controle dos Comentários ?

    Um beijo.

    ResponderEliminar

Olhares de perto