sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Segredos lançados ao mar...

foto de Luísa - agosto 2012
 
Foram presos os desejos do imaginário,
Deixados nos calabouços da torre
que murada olhava o oceano!
Foram conservados arejados,
ventilados de norte pelos raios de sol que espreitavam à janela!
O mar serviu-lhes de chave,
abriu-lhes a loucura de voar
e deixou-os tocar nas nuvens da ilusão!
Os desejos emanciparam-se da realidade...
 
 

6 comentários:

  1. Maravilha e a imagem linda também!beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Pois os meus não conseguem emancipar-se da realidade...mantenho-os como sonhos e tudo fica bem.
    Não descortino onde fizeste tão bem engendrada imagem.
    ( Forte da Ínsua ? ).

    Um beijo e bom Sábado ( sobretudo, CALMO ! ...)

    ResponderEliminar
  3. ..." o mar serviu-lhes de chave---" como voce encontra estas lindas frases, gostei muito de tudo!
    voce é é realmente um gde poeta!
    beijos

    ResponderEliminar
  4. Olá Luísa,

    O alcance da palavra em distâncias inalcansáveis...Ir onge dentro de si.

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. " O mar serviu-lhes de chave,
    abriu-lhes a loucura de voar
    e deixou-os tocar nas nuvens da ilusão! "

    Um beijo, querida Luísa.

    ResponderEliminar
  6. Sábia Luísa,
    como adivinhastes que confidencio os meus segredos ao mar?
    Beijo

    ResponderEliminar

Olhares de perto