sábado, 12 de janeiro de 2013

Meras dissertações

imagem da net

Hoje estou assim, livre de ideias, de letras e de mim!
Hoje vou deambular afirmações, daquelas que mexem com quem ouve e nos liberta da pressa de esconder o que pensamos!
Hoje estou a ir por aí, pelo caminho da sinceridade cálida e incandescente.
Tenho a certeza que o caminho traçado é sustentado em franqueza, preenchido de boa fé, lisura e honestidade.
Hoje estou assim, presa na liberdade de sair derrubada, enfim!
(meras dissertações)

8 comentários:

  1. Um magnífico poema para uma imagem fantástica escolhida por ti !

    " HOJE ESTOU A IR POR AÍ..."

    Então vem !

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Presa na liberdade e sair derrubada? Implica a liberdade de não sair derrubada.

    ResponderEliminar
  3. texto muito profundo!e estou de acordo com o Jorge!!!!!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. O Jorge e a sua intelectualidade a vir ao de cima...

    ResponderEliminar
  5. Hoje estou assim....bonitas palabras.mais alò do Miño..

    ResponderEliminar
  6. Hoje estou assim....bonitas palabras detras do Miño..

    ResponderEliminar
  7. (O seu poema levou-me a José Régio quando não queria "ir por aí"...)

    Há sempre um dia (ou tantos)
    em que o sim e o não desencaminham
    e gelam os nós dos dedos
    ou queimam em fogo intenso

    então
    reféns desse capricho imenso
    na dúvida e dor da decisão
    ou numa súbita e desajeitada alegria
    ficando ou partindo, somos gente

    porque afinal
    há sempre um dia
    há sempre um dia...

    ResponderEliminar
  8. Can you tell us more about this? I'd care to find out more details.
    Here is my page : gaylord library suppliers

    ResponderEliminar

Olhares de perto