segunda-feira, 18 de abril de 2016

O cinza aqui tão perto

foto de Luísa
Tenho o sonho ao abrir dos olhos
 canto de visão só meu
talhado, liso, esticado no alto,
pedaço de céu...
Tenho um pedacinho de céu só meu
pintado de tempo que desapareceu
num toque de dedo-pincel
malhado,
escuro,
chorado...
Tenho um pedaço de nuvem
que (a)parece cinza,
prata,
pintada triste de ontem
e, de hoje, esperançada!





2 comentários:

  1. Como sempre o que escreves, faz-me transportar...Hoje, após esta leitura, o primeiro sentimento que me invade é o de reflexão interior. Beijinho grande

    ResponderEliminar
  2. Outro para GUARDARES, LUÍSA !

    Que a nuvem te leve um beijo.

    ResponderEliminar

Olhares de perto