sábado, 5 de novembro de 2016

Aqui...

Foto by Luisa

Aqui,
aqui, onde o outono cai e voa rumo ao inverno, há um sol que espreita e abençoa a dança das estações!
Um diospiro que pede canela,
um azevinho que pede frio, 
o sol que abraça ambos
entre raios de brilho, ora mais longos, ora mais curtos...
Aqui, onde toda a vida estacionou!

4 comentários:

  1. Não posso estacionar aqui e bem gostava, Luísa !
    Até amanhã ( e um belíssimo poema ! ).

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Estação da mudança, onde tdo e tdos trocam de vestes, até o relógio.

    Olaaa, então, já a mto, bjinhos

    ResponderEliminar
  3. Aqui, onde toda a vida estacionou! hai amiga Luisa Vilaça..estacionar !! esa è uha sorte !!

    ResponderEliminar
  4. E dias cinzentos que pedem luz, e raios que espreitam como uma bênção, e invernos que pedem sonhos dos dias luminosos de verão...

    ResponderEliminar

Olhares de perto