quarta-feira, 31 de maio de 2017

Tela campestre

Foto de Luísa Vilaça.
foto by Luísa
Pediste-me que voltasse
Que trouxesse um  cesto de palavras
forrado a doçura e sorrisos!
Pediste-me que regressasse com letras
e delas fizesse uma moldura 
num quadro campestre
de veredas de alfazema!
Pediste-me que voltasse
num pequeno nada de tempo
e te deixasse um aroma de vida!
Aqui, num pedacinho de tela,
escrita por ti!


2 comentários:

  1. Por tudo te felicito hoje, Luísa !
    Na imagem, devo confessar que preferia não ver aquele ramito no canto superior direito.
    O poema é muito bonito e destaco :
    Pediste-me que voltasse
    num pequeno nada de tempo


    Um beijo e bom mês de Junho !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hummmm! Ainda não aprendi tudo de fotografia. Muitas dicas tens para me dar. Pelo menos, já voltei. Vamos ver a que ritmo...
      Beijinhos mil, estimadissimo amigo.

      Eliminar

Olhares de perto