quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Todo o calor é sol

Foto by Luísa

É na alvorada que a mesa se põe
E nela se bebe o licor da vida!
Um trecho de ânimo e um pouco de nada
Um nada de fôlegos tardios
Um tudo ares já vividos!
Todo o calor é só...sol!



2 comentários:

  1. Também estavas pronta para tão mágico momento !
    E nem os aero-geradores afastaram a alvorada...
    Lindo o poema com o adequado calor que o Sol presenteia.

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  2. Muito lindo,Luiza! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar

Olhares de perto