sábado, 20 de dezembro de 2008


De tudo o que fazemos na vida, o que melhor podemos deixar é a permanente dádiva sem condição. A dádiva de um afecto, a dádiva de um olhar, a dádiva de um embrulho com laço vermelho com postal escrito em letras de oiro. De tudo o que fazemos, o melhor é dar, porque tudo o que recebemos vem sem contar. E não conto os afectos e olhares recebidos porque muito mais acolhedor foi poder dá-los sem contar.

E se na nossa vida quisermos dar, não faltarão braços abertos para nos receber.

Ontem, hoje e amanhã poderemos construir fortalezas de afectos simplesmente porque espontaneamente, um dia, decidimos DAR!



Neste Natal, dou-vos UMOLHARDEPERTO, com toda a minha vontade de vos ver FELIZES:

3 comentários:

  1. Invente seu Natal!
    Faça algo diferente!
    Faça o melhor que puder com aquilo que tiver!
    Enfeite-se, alegre-se.
    Se não tem dinheiro, encha seu coração de amor! Seja a própria árvore com bolinhas coloridas e muito riso!
    O calor que emana do seu abraço dinheiro nenhum no mundo
    poderia comprar.
    Dê um abraço, um sorriso, um te gosto, um te amo. Seja você o presente!
    Um Natal de muita paz e luz pra você minha querida! Bjs.

    ResponderEliminar
  2. Amiga Luisa,
    votos de um Santo e Feliz Natal para si e toda a família. Que o Novo Ano seja repleto de saúde, paz e amor e que todos os seus desejos se concretizem.

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  3. Amiga,
    Desejo à você e aos seus familiares um Natal de luz e amor. Seja feliz e celebre com alegria o aniversário de Jesus...
    Abçs,
    Ana

    P.S.: publiquei o seu trexto no meu blog.

    ResponderEliminar

Olhares de perto