quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Um olhar

Quem és tu
Mulher de olhar sereno
Que olhas para além do que vês
E não te distrais com as quedas dos outros

Quem és tu
Mulher de um olhar só
Que estando sempre atenta
Amparas que sofre na queda

Quem és tu
Mulher dividida em mil
Que de tanto te dedicares
Acabas por te esquecer...

Quem és tu
Mulher dedicada e amiga
Que valorizas quem te rodeia
Sem esperar retorno!

7 comentários:

  1. Somos nós...seres mágicos que se doam sem nada pedir em troca!
    Adorei...beijos e ótima noite pra você!

    ResponderEliminar
  2. Excelente poema cara amiga. Gostei imenso do conteúdo a que as tuas belíssimas palavras deram corpo.
    Mulheres assim, diria que há poucas... mas homens também...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Quem és tu
    Mulher de um olhar só
    Que estando sempre atenta
    Amparas que sofre na queda

    Simplesmente és tu!
    Aquela amiga conselheira e atenta cuja dá palavras de conforto e coragem!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Olá Luisa,
    uma linda homenagem à Mulher, aquele Ser Humano que Deus criou para amar na verdadeira essência da palavra.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Olho para ti de uma forma
    É de olhos fechados que melhor vemos aqueles que amamos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Somos nós seres mágicos,
    Simplesmente nós!
    Palavras a darem corpo
    Ao conforto de dar coragem!
    Criação de amor na verdadeira Essência da palavra!

    De todos e para todos,
    é apenas um ser que ama!

    "É de olhos fechados que melhor vemos aqueles que amamos!"

    Felicia, deixas-me sempre muito pequenina perante a grandeza da tua sensibilidade.

    ResponderEliminar

Olhares de perto