sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Uma folha caída no chão


Esta folha não caiu
Foi gentilmente pousada
pela mão de quem saiu!
Deixou uma mensagem de amor
Cheia de alma doce e paz
Deixou o condão do perdão
Pelas palavras ditas
Em tom mordaz!
Sorriu à saída e disse:
Esta folha não foi arrancada.
Caiu, esvoaçou e foi pousada
Gentilmente pousada,
no piso da tua casa,
Deixei-a para ti,
Para guardares na mais bela página do teu livro!
Esta folha, soltou-se da árvore por ti!
Veio ao meu encontro para ta oferecer.

3 comentários:

  1. As folhas caírem...Mas assim como assim tudo bem...
    Não cai uma folha da árvore sem que Deus queira!
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Ola Luisa

    O Miguel acabou com o blog dele.
    Motivos pelos quais não gostaría de os escrever aqui.
    O meu mail é carlosammarques@gmail.com

    Bom Fim Semana!!!

    ResponderEliminar

Olhares de perto