terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Caminhos da vida...compassadamente acompanhados

foto da net

Posso estar triste,
Posso não conseguir andar,
Mas, na vida, sei bem os passos que terei que dar!
Posso ter que percorrer trilhos e caminhos,
ter que traçar os precursos,
mas saberei sempre como usar os recursos!
Posso estar triste, mas nunca perderei o norte
porque melhor que eu, será sempre a minha sorte!
E Deus, jamais se esqueceu de mim,
acompanhou-me nos trajectos sinuosos,
e tornou-os os mais luminosos!
Neste caminho da vida, poderei estar triste,
mas terei sempre pés que sabem caminhar...

16 comentários:

  1. Lindo pensamento!!!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  2. Que assim seja sempre.
    Que esses pés, se falharem saibam ser firmes e suportem o corpo se levantar.

    Que se precisarem da ajuda de bengalas ou muletas, saibam reconhecer que falhas na vida e passos em falsos fazem parte da caminhada.

    Que não percamos o equilibrio, que possamos viver compassadamente acompanhados!


    beijos

    ResponderEliminar
  3. Que maravilha,Luisa!Grande verdade nisso!beijos,chica

    ResponderEliminar
  4. sim, sempre !!!!!!
    belo poema, digno de minha querida Luisa!
    beijos,
    P:S. que acha de meu novo blog?

    www.gigi-e-myra.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Fez-me lembrar a tão conhecida frase: "Não sei por onde vou, mas sei que não vou por aí".
    Obrigada Luísa por toda a sensatez que o seu blog nos traz.
    Um grande beijinho,
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  6. ---gostei do que li. Muita verdade e simplicidade!...um beijo

    ResponderEliminar
  7. Lindo seu poema,
    Cheio de otimismo e segurança,
    percebo que seus passos são firmes e fortes, e seus pés não se cansaram de caminhar sobre o caminho.
    Beijos,
    que:
    Deus te acompanhe ,iluminando sempre teus caminhos!!!!
    Beijos
    Paulo

    ResponderEliminar
  8. Luísa, "caminhei" até aqui para te agradecer a tua sempre bem-vinda visita no meu canto e para te desejar um ano de 2010 repleto de Luz!
    Que os teus passos sejam sempre firmes e serenos!

    Beijinho com carinho.

    ResponderEliminar
  9. hummmm...amiga Luísa, tristeza não vale, corra com ela! Nós aqui damos uma ajudinha se for preciso :)

    Beijinho e o poema está lindo...

    ResponderEliminar


  10. Compassadamente!

    Mente sã em corpo são.

    Beij♥os!

    ResponderEliminar
  11. Não ame pela beleza, pois um dia ela acaba.
    Não ame por admiração,
    pois um dia você se decepciona.
    Ame apenas, pois o tempo nunca pode acabar com um amor sem explicação.
    Madre Teresa de Calcutá

    Desejo uma linda semana com muito amor e carinho.
    Abraços

    ResponderEliminar
  12. bom dia, e obrigada pelo teu comentario em "humus", vim ver se ja tinha algo novo e sempre lindo!
    beijinhos

    que acha de meu novo blog?

    www.gigi-e-myra.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Admirável, toda sua força!
    A Fé é algo de tão admirável, quanto um sorriso rasgado que se oferece quando, na verdade, a tristeza nos invade!
    Caminhar com as pernas do desalento é quase sobrehumano e só com muita Fé, se conseguem próteses de alento! E ter a coragem de ensaiar os primeiros passos sobre essas "próteses" é... Admirável! Depois, traçar os precursos, que poderão ser novos e por eles caminhar sem pereder-se... mais uma vez, ADMIRÁVEL!



    feliz ano de 2010... Cheio de Fé!


    Escolha entre... beijos e abraços

    ResponderEliminar
  14. Luisa,

    como você trocou o Varal & cia, pelo blog do João, hoje me vinguei!!!! srsrs Lembra da Quinta? Que dia é hoje?

    ResponderEliminar
  15. LUÍSA

    Não sei como não comentei antes!
    Estava perfeitamente convencido que o tinha feito...
    Só realmente estes achaques gripais e a medicação poderão explicar a minha falha.
    Desculpa, por favor.

    Um político inglês do século passado (J.E.Powell) disse:

    "Se o meu barco desaparece da vista, não significa que a minha viagem acabou, significa apenas que o rio faz uma curva".

    Um beijo grande.

    ResponderEliminar

Olhares de perto