domingo, 19 de junho de 2011

Som do vento...num tom de dança!

foto da net

Sopra o vento, tão calmo, sereno...
...balbucia segredos,
decifra o sorriso que decora o teu rosto!
Há um vento que sopra e anima as tardes de sol!
Um vento que penteia as ideias e as alinha,
que lhes dá cor e lhes incute som...
...o tom da vida em danças ao som do vento que toca!

8 comentários:

  1. [silenciosamente, a palavra soprada que se traz de dentro, para dentro]

    um imenso abraço, Amiga Luísa

    LB

    ResponderEliminar
  2. Só te posso garantir que estás no teu melhor !!!
    Vou transcrever a passagem que mais me sensibilizou :

    > Sopra o vento, tão calmo, sereno...
    ...balbucia segredos,
    decifra o sorriso que decora o teu rosto!
    Há um vento que sopra e anima as tardes de sol!
    Um vento que penteia as ideias e as alinha,
    que lhes dá cor e lhes incute som...
    ...o tom da vida em danças ao som do vento que toca! <.

    Estamos entendidos ?


    Um grande beijo, SENHORA DAS BELAS PALAVRAS.

    ResponderEliminar
  3. Um vento que penteia as ideias e as alinha,
    que lhes dá cor e lhes incute som...
    ...o tom da vida em danças ao som do vento que toca!


    LINDOOOOOOOOOOOOOO!!!
    beijos

    ResponderEliminar
  4. traz a paz que que precisava dec momento.

    espero q a ousadia de comentar n seja levada a mal.
    muito bom

    ResponderEliminar
  5. Bravo Luísa, que sensibilidade poética!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar


  6. Assopro e assovio...
    embalando a festa do teu olhar!

    :o)

    ResponderEliminar
  7. Gostei de receber sua visita em meu bloguito. Quanto tempo né?! Suas postagens continuam inspiradoras.
    Bom dia,
    Ana

    ResponderEliminar
  8. Que saudades de te ler e eu de escrever...

    mas hei-de voltar, hei-de ter forças para voltar :)


    Beijinhos muitos

    ResponderEliminar

Olhares de perto