domingo, 17 de junho de 2012

Em detrimento das palavras...vou aprender a olhar e ver!

imagem da net

Que faço aqui, palavras dançantes?
Fazeis com que exponha o que de mim sai num momento de lucidez estranha,
num segundo de pensamento vão e furtuito,
numa circunstãncia invulgar e única de reflexão?
Hoje não vou por aí!
Na reflexão não vos vou usar nem lembrar de vos prenunciar...
vou transmitir o meu pensar no brilho do olhar
e na mansidão do sorriso de compreensão!
As palavras serão permutadas pelo saber no olhar,
substituidas pelo pensamento de as fechar e guardar...
até em novo ensaio as mostrar.


4 comentários:

  1. Magnífico o teu texto, Luísa !
    Até me fizeste lê-lo três vezes !!!

    Um beijo com os meus parabéns.

    ResponderEliminar
  2. incrivel comovoce sabe escrever e descrever sentimenos e sensaçoes!
    beijosssssssss

    ResponderEliminar
  3. meu pensar no brilho do olhar !

    Mil venturas e outros tantos beijos pr'a' poetisa !

    ResponderEliminar

Olhares de perto