quarta-feira, 6 de março de 2013

Alvorada

foto de Pompeu Martins - alvorada em Fafe - 4 de março de 2013
Vês as folhas que espreitam do canos?
Sentes o despertar do dia no fim do sono de inverno?
E o silêncio que mora lá fora? Consegues ouvir?
Abrem-se as palpebras por entre as nuvens
e aquecem-se as pupilas com os primeiros raios de sol.
Esticam-se os braços da preguiça quente
encolhendo-se num abraço rumo ao dia que está para vir!
Hummmmm!
Gosto deste sol que comigo mora,
das nuvens que me embrulham os sonhos,
E da terra que piso e me dá chão!
Gosto de ti, Fafe!
 
 
 
 


9 comentários:

  1. E assim ganhas a necessária coragem de te espreguiçares antes de cedo te levantares !
    Lindo, Luísa !

    Gosto deste sol que comigo mora,
    das nuvens que me embrulham os sonhos,
    E da terra que piso e me dá chão!


    Um beijo entre as folhas para ti apontado.

    ResponderEliminar
  2. Luisa, que lindo.... Eu sei já que tu tens coragem para o fazeres....Beijo enorme da Felícia

    ResponderEliminar
  3. as nuvens que embrulham meus sonhos....lindissimo poema...beijosssssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  4. Luisita, que bom sentirmos a terra que nos dá chão antes de enfrentar o dia que nos espera...

    Bejo.Fi

    ResponderEliminar
  5. Eu também Gosto e Gosto Muito!:)Deste Amanhecer, das meigas palavras que o acompanham, o amor que delas transpira:)! Adoro a sua energia e a forma de encarar um novo Dia!:)
    Beijinho terno e abraço muito apertado!

    ResponderEliminar
  6. que facil....parece escribir algo tan intanxible coma as emocións ..os sentidos....que facil escribes ..Luisa Vilaça...que dificl escribir coma ti.!!PRECIOSOOOOOOO

    ResponderEliminar

  7. Gosto deste sol que comigo mora,
    das nuvens que me embrulham os sonhos,
    E da terra que piso e me dá chão!

    Luisa Vilaça è unha poeta do vento ...e das palabras

    ResponderEliminar
  8. Gosto deste sol que comigo mora,
    das nuvens que me embrulham os sonhos,
    E da terra que piso e me dá chão!

    Luisa Vilaça è unha poeta do vento..e das palabras

    ResponderEliminar
  9. Alvorada!
    Adoro este texto que escreveu!...Retrata o que lhe vai na alma!...É um texto sentido!!!...

    "Gosto de ti,Fafe!."
    Nota - se que gosta, pois o que sente mal o sol nasce, durante o dia...Enfim , o dia todo... incluindo o chão!!!...Só pode gostar e muito!!!...
    Fafe também a reconhecerá como uma grande escritora, pois os textos quie escreve são fabulosos!...
    Continue com a sua escrita e ler os seus textos só nos enriquecerá!!!...
    Bem haja

    ResponderEliminar

Olhares de perto