sábado, 23 de março de 2013

Olhares pelo tempo...

foto de Luísa Vilaça, trabalhada pelo Mestre João Menéres
 
 
Um dia disse que puxei o lençol do céu e me cobri de chuva
No dia seguinte, o lençol tinha desaparecido e o sol vei secar-me
Passado mais algum tempo,
dei passos na praia entre a areia e o mar...
...e mergulhei no contacto com as palavras!
Desse conjunto de dias, tempo,
percebi que o meu olhar vai mais longe que aquilo que alcança!
Vai de encontro à leitura do vosso olhar sobre aquilo que escrevo,
mesmo sem contar!
A isto eu chamo tempo que passa sem contar...
...numa contagem de dias sempre a somar.
 
 
O meu muito obrigada ao Mestre da fotografia,
que de um simples olhar meu
fez a leitura de toda a maresia!

3 comentários:

  1. Eu só te disse, Luísa, que esta composição podia ser do Franco Fontana, esse sim, um verdadeiro MESTRE ! que muito admiro.
    Um beijo e obrigado por teres feito mais um belo texto.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. voces dois, que beleza!!!!!
    mo aos dois! muito!!!!!
    bjossssssssssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  3. Bonita esta maresia...

    Beijo.
    Fi

    ResponderEliminar

Olhares de perto