terça-feira, 21 de outubro de 2008

Um dia fui LUA
E na noite sem nuvens
Mostrei o meu brilhar

Alumiei passagens obscuras
Dei luz a quem não a pediu
Mostrei a rua ao visitante
Defini trilhos mais seguros

Um dia fui a LUA
Senti o prazer de amar
Dividi o meu luar
Sorri ao mundo com felicidade

Nesse dia,percebi:
Senti-me a LUA
Porque afinal,
Vivo para os outros!


Lanço um olhar de perto...com visão para além do que se vê!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olhares de perto