sábado, 5 de dezembro de 2009





Recebi da amiga: Ana Martins do blog http://avesemasa.blogspot.com
Regras:
Escolher dez amigos para declarar a nossa amizade e os nomearmos para que continuem a DECLARAÇÃO DE AFECTO pelos seus 10 melhores amigos.
Não há selos ou prémios, apenas nossa declaração sincera de afecto.

E a minha declaração de afecto vai para:

Jackie (sem blog, mas com todos os predicados de amizade)
Selma, ou menina do mar
Selena, com todas as "possibilidade" de a ter como amiga
Tonho, 6vqcoisa, que me caricaturou e eu tanto gostei
Myra, uma referência no mundo das artes
Sónia, pela partilha do seu vento na ilha
Hellen, pela beleza do seu blog
José, com reflexões e outras divagações, em verso rimado e ironizado
Judite, que dá voz às palavras numa grande oratória escrita
João Menéres, um grifo que plana no mais ténue ondular da amizade



Há uma nova figura relacional
Que facilmente entre em nossas casas.
Denomina-se de "AMIGO VIRTUAL"
Apresenta-se crítico e dá-nos asas...

São asas de incentivo à escrita
Asas que nos fazem querer voar
Um dia denominam-nos de "menina bonita",
No outro convidam-nos a calar!

São vozes sinceras, desinteressadas
Vozes que falam a linguagem da alma
E nas tertúlias realizadas
olham-nos de perto, com toda a calma!

Aos amigos virtuais devo dizer
Que não vale a pena publicar
Este singelo gesto de amizade
Que lhes dedico com notoriedade.


Obrigada Ana, pelo carinhoso gesto!

11 comentários:

  1. Bonito poema dedicado aos seus amigos ... e acredito que a escolha deve ter sido difícil!

    Beijinho para si

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Ficou linda a sua DECLARAÇÃO DE AFECTO Luísa!

    Parabéns!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  4. Magnifico...

    Bela declaração de AMIZADE...
    E AMOR

    FELIZ DAQUEL QUE POSSUI UM AMIGO.

    Amigo: não te posso pedir para o seres, não te posso comprar, simplesmente posso te oferecer o meu ombro, carinho, um olhar ternurento...
    FELIZ daquele que trata dos espinhos de quem sofre, limpa as lágrimas de quem chora...
    A amizade é preciosa é a única,q fortalece, um abraço, a SAUDADE
    Um bem que realmente tem valor gratificante
    Quando deixamos entrar um amigo nas nossas vidas, não entra só ELE pois abrimos portas à cumplicidade, diferenças,alegrias, tristezas distâncias e segredos.
    Cresce um Amor que fica, presente em todos os momentos.


    FELICIDADES

    BOM FIM-DE-SEMANA


    Borrifes de Jacarée

    ResponderEliminar
  5. Olá Luisa,
    Fico muito muito feliz de ser um dos escolhidos, mas a Luísa também está aqui num cantinho do lado esquerdo do meu peito, pela sua dedicação,
    pela sua sensibelidade, pela grande poetisa que é.
    Obrigada pela sua amizade
    o resto de um bom fim de semana
    um beijinho, josé

    ResponderEliminar
  6. Ai, LUÍSA!
    Outra vez a distinguir-me com esta eleição?
    Conheço a maioria dos eleitos para a tua mesa.
    Daí a honra ser ainda maior!
    Imagina, João, o quanto a LUÍSA te estima!
    Vê se te portas à altura, daqui para a frente (é que tens uns deslizes, meia hora, meia volta!).

    Que poema!
    Lindo.
    Bem construido
    Com sentido.
    Com conteúdo.

    Uma vez mais, chegáste aqui dentro, querida LUÍSA.
    Alma generosa a tua.

    Que Deus te ajude!

    Um beijo muito, muito agradecido.

    ResponderEliminar


  7. Obrigado pela referência!

    Tocou-♥!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  8. estou de acordo com Ellen! obrigada por estar na tua lista, mas sabe acho que voce deve ter muito mais amigos e nao somente virtuais!!!
    beijos e um bom domingo,

    ResponderEliminar
  9. OLá! O grifoplanante fez muito bem em convidá-la, desde já a recebo retribuindo esse carinho pelo aniversário do meu blog. Se desejar ofereço meu selo comemorativo. Desde já a sigo, adorei a poesia dedicada a amizade. Belíssima. Sensibilidade que aprecio demais! bjs nova amiga

    ResponderEliminar
  10. Copiei esse poema e colei na alma. Já conversei sobre esse assunto com vários amigos virtuais: longas conversas, muita cumplicidade, várias divagações, um barato! Mas esse poema singelo já resumiu tudo em tão doces palavras.

    Simplesmente lindo!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  11. João Meneres tem razão:
    "Estar à altura" da tua entrega, dedicação e abenegação é sem dúvida um desafio que proponho a mim mesma diariamente.
    Farei de tudo para nuncar deixar a tua poesia ao frio.
    Amo-te pela pessoa que és e pelo que despertas em mim.
    Muito Obrigada
    Jackie

    ResponderEliminar

Olhares de perto