quinta-feira, 4 de março de 2010

Obreira...

foto da net


Pequena, singela, frágil mas segura,
Leva consigo a certeza de uma atitude madura!
Carrega, sem esforço e com engenho.
Transporta o seu bem querer, com empenho!
Vai exausta mas feliz!
Vai laboriosa, a petiz!
Vejam-lhe a garra sagaz, de quem trabalha e faz!
Delicada não deixa de ser, mesmo carregada,
sabe que vai vencer!
Vai carregada e bem madura...

12 comentários:

  1. Com que então não te querias ver hoje ao espelho?

    Fico bem contente com a qualidade desse espelho em que te VEJO !

    Bjs.

    ResponderEliminar
  2. Gosto de observar o trabalhos delas.Lindo!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. Boa noite Luísa,
    grande obreira a formiguinha!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  4. Obreirinha sagaz, essa.

    Um doce esse poema =).

    Beijo.

    ResponderEliminar


  5. Alguns "trabalhos" humanos
    são parecidos com os delas...

    Trabalham muito, mas destroem muito!
    Algumas deveriam chamar-se "forinimigas"...

    Um olhar de perto no micro universo!

    Be:)os!

    ResponderEliminar
  6. o que diz o Joao? porque nao queria se ver no espelho?! voce é linda!!!sabe encontrei teu comentario hoje a o vir aqui, o primeiro e teu beijinho terno me deu muita forçA!! para començar o dia! e agora que li,adorei as tuas palavras e a imagem é linda,
    beijosssssssssssssssss
    P:S o Tonho é incrivel..."forinimigas"!:)

    ResponderEliminar
  7. Esta imagem faz-me lembrar alguem, não tão pequena, mas frágil e segura, que carrega os problemas daqueles e os trabalhos daqueles que mais ama!
    Mas "delicada não deixa de ser, mesmo carregada, sabe que vai vencer"!

    Mesmo exausta, quero ver-te feliz!

    Beijos grandes!

    ResponderEliminar
  8. a formiguinha é sempre um exemplo....

    Um beijo Luísa,

    se quiser visite a Matriz dos Sonhos

    ResponderEliminar
  9. doces letras com cheiro de mimo.
    meu carinho,
    anderson fabiano

    ResponderEliminar
  10. É verdade, sempre observo as formigas. São incansáveis e carregam muito peso,porém não desistem nunca da proposta, do objetivo de suas vidas. Amei! Montão de bjs e abraços

    ResponderEliminar
  11. Curosa fotografía e una de la s grandes trabajadoras de la naturaleza,tomaré ejemplo y poco a poco llegaré al principio.Un abrazo de A.Dulac

    ResponderEliminar

Olhares de perto