terça-feira, 4 de maio de 2010

Parque de diversão...


Foto oferecida por João Menéres, dedicada a Myra Landau



Na alvorada de um dia de sol,
Acordei acompanhada de um sonho:
Deparei comigo num escorrega lilás,
Almofadado, protegendo-me de algo medonho!
Ouviam-se as gargalhadas de felicidade
Pintadas de fulgente cor, cravadas de contentamento!
Tinha uma coroa anil, no topo de toda a diversão!
Na base, um verde lençol...em forma de protecção!
Fui à natureza buscar, a verosimilhança de um parque
Onde o sol pinta, de alegria, um florescer de esmalte!
Vou guardar só para mim, a diversão deste sonho!
Pois um dia, quando quiser ser criança,
Voltarei a dar risadas, na utopia que resvala e não cansa...

10 comentários:

  1. Aplaudindo daquimuito!Simplesmente linda!A Imagem também! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  2. Quanta criatividade poética, LUÍSA !
    Muito bonito de verdade.

    Mas tu tens as risadas dentro de ti e a criança que foste jamais deixará de caminhar de mão dada contigo.
    Ela tem medo de se perder no turbilhão, não te esqueças...

    Foste muito delicada com a MYRA e, claro, comigo.
    Fico muito feliz.

    Um beijo, AMIGA.

    ResponderEliminar
  3. minha queridisssssssssssima Luisa, voce sabe expressarte tao bem, tao lindo, e que mais posso dizer , que um GRANDE OBRIGADA, nao mereço tanto
    , obrigada aos meus dois gdes amigos mais que virtuais, REAIS!!!!
    beijosssssssssss

    ResponderEliminar


  4. "Di" ver, são... versos sorridentes do OLHAR!

    :-)

    ResponderEliminar
  5. Lindo poema, sensibilidade à flor da pele e expressividade também. Belo post. bjsssssss

    ResponderEliminar
  6. Boa noite Luísa,
    um grande poema a descrever uma maravilhosa imagem, e tudo isto dedicado a uma só pessoa, a Myra. Parabéns para ela que bem merece esta homenagem, parabéns a si pela sensibilidade poética e parabéns ao João Meneres pela imagem.

    Agora vêm as desculpas pela ausência aqui, mas como sabe e até já falamos, últimamente a vida tem sido demasiado atribulada e tem-me sido dificil andar por cá.

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  7. Luísa,

    Maravilhoso o texto!.
    A fotografia do João Menéres é uma obra de arte. Nunca tinha visto flôr tão linda.
    Toda a gente boa e pura como vós tem sempre essa criança dentro de si. E a homenagem à Myra não podia ser mais merecida e adequada, ela que é essa mulher pura e belíssima, uma eterna criança, numa enorme sabedoria de experiiência feita.
    Beijinhos aos três.
    Branca

    ResponderEliminar
  8. que macro fantástica! que palavras... :)

    ResponderEliminar
  9. passei te ver e te deixo muitos beijos!

    ResponderEliminar
  10. Parabéns por toda esta criatividade, aliás, você está numa fase ótima!
    Feliz dia das mães.
    beijos

    ResponderEliminar

Olhares de perto