terça-feira, 30 de outubro de 2012

Salto d´agua

foto da net
 
 
É num salto d´ água que começa o dia
Daqueles saltos que nos remetem ao agradecimento
e nos elevam o pensamento para dizer
"Vale muito a pena..."
É num salto bem alto nos charcos cheios de cor
que pintamos o arco-íris
e nos apaixonamos pelas telas já pintadas!
É num salto perdido que nos achamos
e afogamos os nossos erros...
Hoje vou saltar nos charcos e pintar uma nova tela.
Vou secar cada gota d´água no instante que a vir saltar
e vou guardá-la no bolso, para jamais dela me livrar ...
 
 
 


domingo, 28 de outubro de 2012

Guardado...interiormente

foto da net
 
 
 
Lá dentro!
Estão todas guardadas lá dentro!
Umas fechadas a cadeado,
outras à disposição!
Estão todas guardadas lá dentro!
A umas chamam-lhe princípios,
a outras, valores,
a umas chamam-lhe educação,
a outras, talvez nomes menores!
Sei só que não precisam de chave,
todas são gavetes de atitudes,
que na abertura de todas elas,
saem os comportamentos que melhor falam de mim, de si, de todos!
O melhor armário de mim,
são os gestos que de mim falam!
 
 
 
 
 
 
 
 



sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Descalça nas memórias...

foto da net
 
 
Descalça...
Cansada...
Rendida ao gosto pelas letras descobertas no meu mais famoso livro!
Hoje passei muitas páginas,
andei de memória em memória...
...ri, chorei,
chorei e gargalhei!
Descalça...
Cansada...
Rendida fiquei a tudo o que está escrito!
 
 
andei


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Olhares mudos

foto da net
 
 
Tenho que te dizer que sabe bem um abraço
Sabe bem quando as farpas caem afiadas
lançadas com sorrisos dos homens de poder!
Tenho que te dizer que sabe bem poder chegar a casa e ouvirmos juntos o rio passar...
o rio que passa indiferente à água que jorro para o fazer subir!
Limpo as lágrimas,
oiço-te falar baixinho pelo silêncio de um sábio observar!
No calar das palavras, ouvi o olhar teu numa linguagem comum!
Saudades...
Vontade dos olhares mudos, de mão dada, a ver o rio que passa
e leva com ele as histórias por contar!
Aquelas que me deixam triste e ás quais dou valor.
Aquelas que tu, ponderadamente, me ensinas a desvalorizar!
 
 
 
 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Armadilha

foto da net
 
 
Armadilha?
Armadilha, pois!
Lanças que asfixiam o raciocinio...
...num raciocinio incapaz de perceber!
 


quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Quando o sol poisa arrefecido...

foto de João Menéres - www.grifoplanante.blogspot.com
 
 
Um dia, quando o sol poisou bem alto,
aqueceu frescamente as flores do jardim!
Mimou-as com raios enfraquecidos,
que trazidos pelos ventos garridos,
as abraçou livremente de braços estendidos!
Naquele jardim de outono,
acenderam-se singelas as flores do frio!
E que belas se apresentaram,
num colorido manto de terra pincelado de cor
pela mão da natureza!
 
 
 
 


terça-feira, 16 de outubro de 2012

Conheci-vos às claras do que é sombra...

foto da net
 
 
 
Conheci-vos às claras...
...eras agilidade, bom senso e amizade dada aos demais!
Eras casa ponto de encontro,
abrigo dos vindos de terras de ultramar...
Eras alegria contagiante,
com delirios concretizáveis em cada decisão tomada...
Eras certeza de bom senso,
residência acolhedora,
de convivio certo, amigo e duradoiro!
Eras...
...olhares longinquos de um tempo que vindo estaria longe,
que de longe não vos via!
Não vos via senão ágeis...
 
 
 
 

domingo, 14 de outubro de 2012

Indo...

foto da net
 
 
De manhã vou por aí
andando devagarinho pelo trajeto já gasto
de pedras cansadas de mim!
Não custa subir,
muito menos descer!
Não custa andar sem medo da vida a perder...
Indo...por aí, nas ruas da vida onde moro
Onde as árvores, nas bermas, abanam intensamente
e as folhas caídas serpenteiam no chão sem me ver!
Vou por aí,
indulgente aos demais 
nos olhares deixados cair em cada pedra da calçada!
Indo...
 
 
 
 
 
 
 

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Onde eu moro...piso terra e sonho a lua!

 
foto da net
 
Moro na minha rua
Naquela de árvores altas e verdes
De folhagem densamente dançante!
Moro na minha casa
Aquela pintada de branco
De escadas com degraus simples e retos!
Moro no meu quarto
Aquele de janelas altas
decorado com cortinas ao vento!
Moro dentro de mim,
numa rua sem fim,
cheia de cruzamentos e encruzilhadas!
Moro num stop!
Num sinal permanente de intermitência...
num silêncio ruidoso dentro de mim!
Moro com os pés na terra...
...e a cabeça na lua!
 

sábado, 6 de outubro de 2012

Inspiração


foto da net
 
 
Pensa bem:
foi-se a criatividade,
a imaginação do novo,
a elaboração do jamais existido,
a vontade de inovar e criar!
Pensa bem:
as palavras não abundam,
os pincéis estão poisados na paleta
e as agulhas não laboram nas linhas tricolores...
Por favor,
abre a janela e deixa a inspiração entrar...


sexta-feira, 5 de outubro de 2012

O tempo parou

foto de http://instagram.com/p/QaWlmSAgJq/? - Pompeu Martins
 
Foi do dia a hora que aconchegou o tempo
em banhos quentes de calmia e...
...e, com ternura, o vento suprou o murmurio dos que chegam
e pergutam com bom tom o que daí vem.
Em passos acelerados, deu-se a fuga da ventania no resguardo de um banho caseiro de sais,
com  essência de erva doce e fragrãncia de jasmim!
O tempo parou!
Aquele tempo que faz vento e traz o tumulto no ar,
parou estanque na rua mudando de feição!
Tudo muda...muda tudo com o tempo!