terça-feira, 5 de novembro de 2013

O amor...

Bayona - agosto 2013

Não há demissão no amor quando o mar  nos emprega.
Não! Não há!
Há antes conchas de luz, alianças de rocha, beijos de beleza natural...
...e sorrisos baixinho, em tom de fôlego perdido!
humm! Há amor pelo ar e um pouco de sonho em cada passo perdido!
Vamos juntos...caminhando!

6 comentários:

  1. Muito poética, muito romântica !
    O mundo devia ser como tu !
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Olá Luizinha. Deixe-me repetir-lhe que as suas fotos são excecionais. Revelam um olhar arguto; um verdadeiro "Olhar de Perto".
    E sim, a natureza é uma sinfonia de amor e...o amor nunca se demite. Abraço.

    ResponderEliminar
  3. humm! Há amor pelo ar
    e um pouco de sonho
    em cada passo perdido!

    Camiñar o pé de Luisa Vilaça, e o pé dos seus poemas é unha delicia pouco habitual, pero ¡ todo un privilexio !

    ResponderEliminar
  4. E eu amei:):):) a paisagem e o poema!
    Um caminho a percorrer e que perdure no tempo.
    Beijinho e abraço apertado!

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. ou moitos sonhos perdidos....en cada paso....beijo...!!

    ResponderEliminar

Olhares de perto