sábado, 12 de outubro de 2013

Sinais...

Varzea Cova- Fafe. 2013

Entre a colina e o céu sopra o vento de feição
Vem frio, vem de norte, vem com pressa e aflição!
Mora aqui o silêncio, a solidão do verde a envelhecer,
mora a paz e a canção que tocam a melodia da natureza
Entre a colina  e o vento,
há sinais de mim para ti, levados em sopro sagaz,
presos à montanha...


3 comentários:

  1. Junto aos aerogeradores não reina o silêncio...
    Mas vejo-te de uns socalcos na vinha a sorrir-me !

    Um beijo, Luísa.

    ResponderEliminar
  2. tudo vem, tudo vai e acaba por passar
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. tudo vem e tudo acaba, nao, se transforma!
    bjos

    ResponderEliminar

Olhares de perto