sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

A pressa de viver...presa na juventude

Juntam-se em grupos
vestem-se de igual
ouvem as mesmas músicas
e nada lhes fica mal!
Bebem litradas
Soltam risadas 
apressam-se a crescer
sem nada temer!
São tão bonitos
tão despreocupados
avançam na vida 
sem objetivo, nem lida!
Alguém lhes põe rédea?
Ou os chama à razão?
Convém antes do termo
ou da perda de toda a noção!
Quanta pressa de viver
de tudo experimentar e saber
fazendo concorrência ao tempo
esgotando no tempo
a delicadeza da forma de ser!




1 comentário:

  1. Que texto fantástico Luísa. Quem e mãe entende perfeitamente tamanha preocupação.

    Beijo DB

    ResponderEliminar

Olhares de perto