domingo, 13 de setembro de 2015

ASAS

foto by Luísa

Levanta voo,
Sonha plano...elegante!
Contrasta comigo berrante,
 poisada em terra firme, constante!
Anda, levanta voo, também,
segue o sonho, abre asas e vai...
...assim, simplesmente tu,
num voo sereno de mar,
onde o céu, planado de imensidão,
é o teu limite!
Voa numa nova canção!


2 comentários:

  1. Podia ter escolhido outras das tuas palavras, mas escolhi estas :

    " onde o céu, planado de imensidão,
    é o teu limite! "

    Fiquei surpreso com a tua gaivota, Luísa !

    Um beijo e parabéns.

    ResponderEliminar
  2. Cantar liberdade...
    Só a alma nos liberta deste peso
    onde sou, junto ao pó...
    É por isso que canto, ou rezo,
    e voo, deixo de estar preso,
    à negrura de estar só...
    Beijinho à alma de poeta.

    ResponderEliminar

Olhares de perto