domingo, 12 de junho de 2016

Tão perto!

foto da net

Eis o teu passo,
marcado, seguro-sereno de andar.
pisando o caminho que traças,
mesmo andando devagar!
Alicerces do ser
nas mais belas marcas do pisar,
entre o saber olhar, ver
e sentir o valor de amar!
Não pisas...suportas-te na base do ser!

3 comentários:

  1. Posso lá andar assim !...
    Nem piso, arrasto-me...

    Um beijo e desculpa brincadeira, Luísa.

    ResponderEliminar
  2. O ser as vezes pesa, pesa e mto, mas se encontramos o equilíbrio"entre o saber olhar, ver
    e sentir o valor de amar!", assim conseguimos "suportas-te na base do ser!" "seguro-sereno de andar.
    pisando o caminho que traças,". bjinhos

    ResponderEliminar

Olhares de perto