terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

(A)parece



foto by Luísa - Chaves 2016







...cheio de luz por acender
des(aparece) no tempo escrito!

Redige o sentimento do ser

aparecendo cheio de transparência!
...cheio de nada,
desnudado de quereres,
crente no vazio,
vidente de um futuro recheado!
(A)parece em alerta
porque diferente
na diferença do comum
na igualdade do diferente!

3 comentários:

  1. Tinha o comentário feito quando a energia eléctrica faltou...
    O que de imediato me despertou a atenção foi a grandiosidade da bela imagem,Luísa !
    Que agradável surpresa !
    E tão longe foste para encontrar uma magnífica árvore despojada das vestes e à intempérie se oferecer...
    Do poema vou destacar :
    " ...cheio de nada,
    desnudado de quereres,
    crente no vazio,"

    Continua, Luísa, pois a inspiração nunca te desnudará !

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  2. na diferença do comum
    na igualdade do diferente! Sorprendida...por esta nova forma de reinventarse!SEMPRE MARABILLOSA

    ResponderEliminar
  3. son Carmen...non dou publicado dende a miña conta...gústame esta nova Luisa..reinventada..renacida....e RE-MARABILLOSA!

    ResponderEliminar

Olhares de perto