quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Silêncio de Vidro - Maria Eugénia Cunhal

Foto da net

Obrigada, amiga Jackie, pela partilha deste maravilhoso poema!
Não poderia ficar com ele guardado, no meu baú de poesia brilhante!
Este poema ofuscava mesmo se trancado com a chave do carinho.
Obrigada! Muito obrigada! Adorei.


"Olha-me bem nos olhos
E diz-me se acreditas
Que eu possa alguma vez
Já não gostar de folhas secas
Das velas remendadas das fragatas
Do sol, do céu, dos búzios, das estrelas
Do mar batendo a areia
Dos voos das gaivotas
Duns olhos que se dão numa promessa
Das lágrimas, do riso, da alegria
Da nona sinfonia,
Do calor que uma mão consegue dar
A outra mão, sem mesmo lhe tocar
Dos girassóis que Van Gogh pintou

Olha-me bem nos olhos
E diz-me que acreditas
Que até a morte vir
Eu hei-de amar as coisas que tu amas
E nelas sempre te encontrar a ti."


Maria Eugénia Cunhal - Silêncio de Vidro

12 comentários:

  1. Querida amiga Luísa,
    fez muito bem em colocar aqui o poema da sua amiga.

    SIMPLESMENTE FABULOSO!!!

    Grata pela partilha.

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  2. Ana,
    O poema não é da minha amiga, mas foi ela que delicadamente mo enviou.
    Beijinho terno!

    ResponderEliminar
  3. este poema é muito bonito . Tive já a honra de num sarau de poesia me cruzar com esta poeta tão amável e com uns olhos tão bonitos .
    cordialmente
    _______ jrmarto

    ResponderEliminar
  4. Que maravbilha de poesia e de imagem.EStá lindo! beijos,chica

    ResponderEliminar
  5. LUÍSA

    Quem recebe de uma amiga uma poesia com todo este significado tem que ser uma pessoa EXCEPCIONAL. E tu ÉS !
    Fico feliz por o teres recebido !

    Acho que nunca li nada da M.E.C. ...

    E a imagem fantástica da BORBOLETA é da Net?
    Foi a tua amiga que também a mandou?
    Convém citar sempre a fonte.E quando a fonte é desconhecida, cita-se isso mesmo.

    Um grande beijo com os meus parabéns.

    ResponderEliminar
  6. Fiquei sem palavras..., li cada palavra deste poema que me calou...
    Simplesmente fabuloso.
    Dei agora com este espaço e, devo dizer que gostei do que vi, espero voltar.
    Obrigada por estes momentos que nos dão sempre mais luz!

    ResponderEliminar
  7. Un placer conocer tu blog. Acogedor, te sigo para poder visitarte con mas frecuencia..


    Un abrazo
    Con mis Saludos fraternos de siempre..

    Que disfrutes de un buen fin de semana..

    ResponderEliminar
  8. Muito bela esta poesia... vidro transparente! :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. umolhardeperto,

    Palavras para que... está cá tudo.
    Fantástico... que encanto... que maravilha.

    Otimo fim-de-semana.
    Bejs e borrifes de Jacarée.

    ResponderEliminar
  10. Querida Luisa,

    também agradecemos pela partilha desse lindo poema... e a bela imagem que tu acrescentaste!

    Um final de semana de paz!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  11. BOM DIA!!!
    HOJE TEM MARRECO RECHEADO, STRUDEL, JOELHO DE PORCO, E MUITO CHOPP.
    VENHA DEGUSTAR ESTE PRAZER.


    VENHA COMIGO PARA ESTE CANTINHO DA GASTRONOMIA BRASILEIRA.
    CLARO QUE É AQUI DE JARAGUÁ DO SUL, SC- BRASIL.
    O NOSSO BRASIL É MUITO RICO EM GASTRONOMIA. MAS VOU FALAR DE JARAGUÁ DO SUL E DE UM DELES.
    ENTÃO VEM, TE ESPERO.

    http://sandrarandrade7.blogspot.com/

    VAI SER MUITO BOM TER A SUA COMPANHIA AQUI.
    SEJAM TODOS BEM VINDOS.

    PARA DEIXAR O SEU COMENTÁRIO, O ENDEREÇO DA ALDEIA É:


    http://aldeiadaminhavida.blogspot.com/2009/10/o-maravilhoso-parque-de-jaragua-do-sul.html#comment-form

    QUALQER DUVIDA É SÓ VIM ATÉ O BLOG E CLICAR.. VOCÊ ACESSA DIRETO PARA POSTAR O SEU COMENTÁRIO.
    MUITO OBRIGADA DESDE JÁ.
    SANDRA

    ResponderEliminar
  12. que lindo poema que sua amiga te mandou! fez muito bem, e a imgagem è linda,
    beijos

    ResponderEliminar

Olhares de perto