sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Na serra...

Foto by Luísa - Varzea Cova - Fafe

Na sensibilidade do olho resgatou-se a intensidade da luz
do verde que se apagava
e do azul que se escondia!
Saias de cinza no céu se vestiram num dia que adivinhava frio,
entre as giestas fustigadas
e o aroma da serra que aparecia!
Olhares de perto...

11 comentários:

  1. Lindo amiga ,,,gosto de ler teus textos beijinho,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Mari! Matarás saudades desta serra que é tão tua, tão minha, tão do mundo num WRC!

      Eliminar
  2. Vista fantástica, e fica em Fafe?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Aliuce,
      Fafe tem das Serras mais verdes do Minho.

      Eliminar
  3. Uma beleza o teu poema, Luísa !
    Coitadas das desnudas giestas...
    Mas o pior é o FRIOOOOOOOOOO !
    ( Aí e aqui ).

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João,

      a beleza natural é tão grande, mesmo cinzenta, que tu nem tens tempo de sentir pena das giestas....
      Beijinhos mil daqui para aí!

      Eliminar
    2. Antes de haver a Variante de Amarante a Celorico, por vezes ia por Fafe e pela Gandarela...
      Agora é mais difícil recusar a AE de porta a porta !
      ( Sim, porque a Variante é quase uma AE...).

      Eliminar
  4. Saias de cinza no céu se vestiram num dia ....


    ..de como se apaga a luz.. que volve, sempre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sais nublosas que esconderam o céu...pena!

      Eliminar
  5. adorei "saias de cinza"!!! mil beijinhos!

    ResponderEliminar

Olhares de perto