domingo, 15 de março de 2009

Natureza


Entre sons e alguma luz, eis um espaço invulgar
A natureza convida ao passeio com trilhos para se lá passar!
Está coberta de beleza, pela sua cor, vê-se harmonia!
Convida ao silêncio, para, tranquilamente, conseguirmos ouvir a sua voz!
Terna, doce, meiga, a Serra oferece-se a quem lá estiver
Vê-se que quem lá anda a respeita, a olha com admiração!
Sente-se a companhia das aves, das espécies envergonhadas
Que ao sentirem os nosso passsos abrem as asas para voar.
Há uma simbiose entre todos os seres que a habitam
Uma dedicação natural à beleza daquele espaço,
Tods se entendem para poder lá crescer.
As àrvores fazem cópula,reproduzem-se!
As flores homenageiam esse amor harmonioso.
Ouvem-se as conversas da natureza,
ao som da melodiosa serenata da água a passar!
E nós, temos que passar em silêncio, para a todos poder ouvir!

12 comentários:

  1. Mito lindo o que tu escreve tem a cor da alma.
    Obrigado por tudo.
    Abraços: Eduardo Poisl

    ResponderEliminar
  2. um olhar poético para você. lindos textos

    ResponderEliminar
  3. Escrito frecura ervas ..
    Palavras ...
    Luzes que iluminam a alma ...
    Very Nice
    Besossssss
    Fascination

    ResponderEliminar
  4. Você é a poesia mais linda!
    A natureza é grande nas coisas, todos querem respirar ar puro e águas limpidas...
    Mt bjs e até amanhã.

    ResponderEliminar
  5. Luisa,
    a imagem convida a mergulhar neste belo texto. Senti-me mergulhada no silencio e na tranquilidade...

    Lindo!

    Beijos e excelente semana!

    ResponderEliminar
  6. Luísa,
    só um grande amante da Natureza a poderá descrever assim com tanta leveza e beleza!

    Gostei muito, beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  7. Hoje li alguns poemas mais antigos teus, fiquei encantada, são muito lindas.
    beijo e boa semana

    ResponderEliminar
  8. Oi Luisa
    Passa la no meu blogger tem uma surpresa pra você, espero que goste.
    Uma boa semana com um abraço

    ResponderEliminar
  9. Nos vastos arejados
    Campos do meu ser
    Corre a sombra de uma voz
    Pelos prados da mente…
    Entre montes de razões
    E rochedos do desconhecer
    Suplica a conflituosa
    Tentação inconsciente…

    Grato pelo
    Belo comentário
    No meu blogue…
    Aproveito para desejar
    Uma agradável semana!

    Bem-haja!

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderEliminar
  10. natureza verde que reside em ti a cada momento que és gente

    ResponderEliminar
  11. Aí está a natureza!
    Com suas conversas sussurradas pelos cantos dos pássaros, e o som de água fazendo serenata!
    Somos parte disso tudo, mas nos retiramos em nosso egoísmos de donos do mundo.
    BEijO grande menina!
    Sinta-se natureza porque és!

    ResponderEliminar

Olhares de perto