quinta-feira, 12 de março de 2009

Voos quentes com rasgos laranja...


Os raios de sol vieram e aqueceram a terra
Cobriram-te de calor e mostras-te as tuas pétalas
Convidaste-me a poisar ...
Cheguei lentamente, cumprimentei à chegada e abri as asas para te abraçar!
Estarei por cá, tanto tempo quanto a brisa deixar
Faremos tertúlias de amizade, de cumplicidade, talvez!
Eu irei contar-te as viagens feitas pelo ar,
tu contarás o teu crescimento desde a terra!
Eu, irei cantar à brisa que não vem
Tu, desejarás a água para saciar a tua sede!
Eu, levarei de ti, o teu melhor sabor.
Estarei contigo nos meus voos
e falarei de ti em todos os meus repousos.
Poisarei em todas as flores,
e viverei todos os seus desabrochares!

2 comentários:

  1. Querida amiga,
    lindo este pensamento de dialogo entre a borboleta e a flor.

    Parabéns!!!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar

Olhares de perto