terça-feira, 17 de março de 2009

Olhar que ouve


Um olhar de perto que ouve, sente...

Lê nas entrelinhas e vagueia!

Um olhar de perto que abraça, acarinha...

Observa em silêncio e norteia!

Um olhar de perto que escreve, desenha e decora...

Emociona-se facilmente e também chora!

Um olhar de perto que está sereno

Que agradece por também vos poder ver de perto.

Uma palavra, um encanto!

Um desenho de letra que mostra a paisagem do sabor das palavras

A musicalidade das suas danças...

17 comentários:

  1. Boa tarde,
    Como sempre gosto dos textos que publica. É bom ler textos interessantes e no seu blog tem muitos!!
    Abçs,
    Ana

    ResponderEliminar
  2. Um olhar é sempre capaz de praticar os nossos sentidos, ele vê, ele sente, ele ouve, ele é capaz de tocar(os outros). Não é à toa que dizem que eles são as janelas da alma, né?

    Adorei seu blog.
    Você escreve muito bem.
    Parabéns.

    =)

    ResponderEliminar
  3. Um olhar tão de perto que está dentro do que é olhado.
    BJS

    ResponderEliminar
  4. Um Olhar de Perto doce e sensível, sereno e poético... O seu olhar!!!!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  5. La lagrima surgida de la emoción siempre abraza el alma.

    ResponderEliminar
  6. Adoro olhares e poemas que falam deles... Delicado e sensível poema!

    Beijos, querida, e uma quarta-feira maravilhosa prá ti!

    ResponderEliminar
  7. "Um desenho de letra que mostra a paisagem do sabor das palavras

    A musicalidade das suas danças..."

    Foi exatamente como descreveste que pude sentir ao entrar aqui...uma musicalidade nas tuas palavras!

    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  8. dança de palavras com vento e musicalidade

    ResponderEliminar
  9. Nunca me tinha lembrado, mas os olhos ouvem mesmo...
    Magnífico poema querida amiga, gostei imenso.
    Bom resto de semana,
    Beijo.

    ResponderEliminar
  10. Oi...

    passei só prá deixar um beijinho!

    ResponderEliminar
  11. Olá!!
    Quantos olhares!
    E todos num só... sei que olhas longe como águia e olha tão perto ao ponto de criar o micro em macro.
    Olhas em mim e vê minha saudade!
    Obrigado, beijO grande!!

    ResponderEliminar
  12. Os olhos? Ah, os olhos são capazes de se tornar audíveis em várias circunstância. É o leitor das palavras mudas, o melhor entendedor do silêncio.

    ResponderEliminar
  13. Um olhar que sente... acredito que os olhos sejam o espelho da alma. Por isso são sempre tão expressivos!
    Muito lindo seu texto... como sempre, né?
    Um grande beijo no seu coração, minha suave amiga!

    ResponderEliminar
  14. Um olhar de perto que ouve sente.
    A distância tem as suas limitações.
    De perto é que é!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Hoje só estou passando para desejar um feliz dia do blogueiro,
    com um final de semana cheio de amor e esperança.
    Aproveito para deixar um lindo poema de Mário Quintana


    Amar: Fechei os olhos para não te ver e a
    minha boca para não dizer...
    E dos meus olhos fechados
    desceram lágrimas que não enxuguei,
    e da minha boca fechada
    nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei....
    O amor é quando a gente mora um no outro.

    (Mário Quintana)

    Abraços:Eduardo Poisl

    ResponderEliminar
  16. Que coisa de linda esse olhar...
    Muitas vezes um simples gesto pode dizer muito mais que um olhar e uma palavra....
    Bjooooo.

    ResponderEliminar

Olhares de perto