sexta-feira, 17 de julho de 2009

Um livro na praia

Foto da netTiro-te do saco, abro-te onde te deixei
Retomo a leitura e repouso no olhar vazio
Cheio pela imensidão do mar, pelas inesgotáveis contas de areia!
Juntei um trio de excelência, onde com eles namoro,
com eles confidencio, com eles rio e com eles choro!
A ti mar, lanço olhares de perdição, veneração até!
Ao imenso areal penteio linhas de sorriso, desenho traços de cumplicidade!
Ao livro dedico o meu tempo, o meu gosto pelas letras, e o meu maior desejo:
de um dia ser como ele, com prefácio organizado e epílogo de sucesso
pelas letras nele desenhadas.
O lápis virá de adorno, de objecto estimado com ponta sempre pronta
a desenhar as letras que um dia me farão a justiça de saber escrever.

19 comentários:

  1. Eh, pá!
    Oh, LUÍSA: Que tuescreves muito bem (prosa ou verso) toda a gente sabe!
    Mas este nico de texto, é uma beleza ( e tu sabes, minha Amiga...).

    Um beijo desfeito em sorrisos.

    ResponderEliminar
  2. Luísa

    Tu, o láois e a folha em branco,
    formam o trio perfeito para um olhar de perto.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  3. Ah! Mesmo não sendo um dos maiores fãs de praias, quantos livros eu já levei à beira do mar, quantas histórias e aventuras vivi em tantas páginas!
    Abraços!

    ResponderEliminar
  4. Como não gosto de praia, fico com um olhar de perto pela literatura.
    Bom Fim de Semana.

    ResponderEliminar
  5. superrrrrrrrrrrrrrr!!!!!

    ja voltei do hospital com o tal pacemaker...muita dor e muito ansada, mas espero que de hoje em diante isto, me faça esvrever melhor:)))
    beijos,

    ResponderEliminar
  6. Fantástico texto Luísa!
    Maravilhoso, LINDO!
    ADOREI!!
    Beijos e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  7. Luisa
    Tu me representa ser um livro, sendo tão bem escrito,com tantas historias lindas,tanta sensibilidade e tanto a ensinar.

    Carinhos meu

    Denise

    ResponderEliminar
  8. Praia e livro, combinação perfeita.
    Passando para desejar um lindo final de semana
    Abraços

    ResponderEliminar
  9. que boa caligrafia a tua.
    tamb+em gosto de desnhar letras... a lápis!
    um abraço
    luísa (também)

    ResponderEliminar
  10. Espero que as letras sejam mesmo justas, que o lápis esteja afiado e que esse dia do julgamento não demore. Temos livro!
    Um beijinho,
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  11. Mas...saber escrever já tu sabes!
    Uma cumplicidade bonita esta, entre ti, o livro e o mar!!!

    Beijinhos e bom fim-de-semana Luísa!

    ResponderEliminar
  12. Olá " o ouro nunca perde o brilho "agradeço a visita e os comentários beijos Paull

    ResponderEliminar
  13. Ai que bom repousar na praia, sentado numa cadeira de lona, ou deitado numa toalha e ler, por ler, o que se gosta de ler. Também gostaria de juntar um trio de excelência, com uma areia branca, limpa e não enxameada de pessoas, e o mar enorme sque empre me fascinou, mas também sempre me inspirou respeito. Gostei muito do texto. É a primeira vez que aqui vim, mas fiquei seguidor, por isso regressarei agora, com frequência.

    ResponderEliminar
  14. Luisa,
    Belo poema,belo blog.
    Parabéns!
    Bom final de semana
    Boas energias
    Mari

    ResponderEliminar
  15. Passei para olhar bem de perto seu "umolhardeperto" e, admirávelmente, meu curioso olhar aproxima-se do abraço de um Livro aberto!... Admirávelmente, você revela múltiplas páginas de si... talvez em jeito de um admirável Livro que se abriu e continuará a abrir-se!...
    Admirável!


    Escolha entre... beijos e abraços

    ResponderEliminar
  16. Linda essa tua cumplicidade com a escrita...
    Beijos josé Silva

    ResponderEliminar
  17. Excelente Luísa!
    Este é talvez um dos seus mais belos textos e não preciso dizer que todos são bons, porque quem por aqui passa já o sabe.

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar

Olhares de perto