Ditados naturais...

Ditados da alma
sentam nas linhas da escrita
o olhar da sensibilidade!
Chora, ri,
 empola os sentidos
num punho suave que, ligeiro, redige...
Deleita-se pelo horizonte,
traça verdes aromas de maturidade!
O que sentes? O que vês? O que ouves?
- Apenas os sons da natureza...










Comentários

  1. E ao ouvir os sons da natureza, liberta-nos dos ruídos que para trás ficaram.
    Belo texto!
    Abração.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Olhares de perto

Mensagens populares deste blogue

A luta do luto

Olho de sol...numa saia azul!

Solas de areia em pés descalços