segunda-feira, 2 de março de 2015

Sei lá!

Sei lá!
Sei lá as horas, 
se chove ou se faz sol,
se a lua brilha e já encobre o dia!
Sei lá a cor do tempo,
do vento,
do sono, ou da luz que está lá fora!
Sei lá!
Sei lá o que te dizer!
Sei apenas olhar-te nos olhos
e preencher o vazio!
Sei apenas...



10 comentários:

  1. Que linda inspiração!!" Tanto a dizer, certamente! bjs,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algo a dizer....certamente!
      Beijinhos,Chica

      Eliminar
  2. Sei apenas olhar-te nos olhos
    e preencher o vazio!

    Ise medo a mirar è o que nos leva a soñar..LUISA VILAÇA...enche a pouquiños os nosos vacios...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A poesia enche - nos, aos pouquiños..
      Bhngs,Xose

      Eliminar
  3. O que dizer quando o destino transforma a vida num caus.
    Sei lá....
    Beijo DB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez pensar que o cosmos voltará...temos que ter esperança!
      Bjnha DF

      Eliminar
  4. Que grande elogio te faz o XOSE FIGUEROA !
    Fiquei sem palavras, Luísa !!!

    ResponderEliminar
  5. João,ambos são amigos simpáticos nos comentários q narram.bjnhs

    ResponderEliminar
  6. Sei apenas olhar-te nos olhos
    e preencher o vazio!
    ....só podo calar... beber... paladear..só!
    todo o demais...sobra.,

    ResponderEliminar
  7. Estive aqui há bocado e pif... sei lá.
    Dizia eu que no "sei apenas" está tudo sem que nada se ouça.
    Perfeito.

    ResponderEliminar

Olhares de perto