quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Como me veem os visitantes que por cá passam?

A todos os que por cá passam, solicito uma opinião
O vosso olhar de perto sobre quem escreve o blog
Costumo dizer que sou aquilo que escrevo.
Será que é isso que se vê?
A quem me conhece, a quem não me conhece
Rasguem algumas considerações.



6 comentários:

  1. Amiga Luisa, eu sou talvez um pouco suspeita para falar, e estou também em vantagem aos restantes visitantes, pois já nos conhecemos pessoalmente.
    Mas como o convívio foi mesmo muito pouco, eu diria que a Luísa é uma Mulher sensível, atenta aos problemas do mundo, bem formada e meiga, muito meiga!

    Beijinhos e até amanhã,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  2. Para definir você pelo que leio de ti, escolhi um dos pensamentos que você publicou:
    "Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe".(Oscar Wilde)
    Quem escreve sabe viver intensamente, porque transita entre dois mundos, com maestria.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Acho que se vê naquilo que escreve que é uma pessoa cheia de sentimentos nobres, grandes valores, perto dos outros, perto de si. Por isso, acho que o blogue é o seu reflexo.
    (podemos deixar o Drª de lado?)
    Bjs Inês

    ResponderEliminar
  4. Existe um lugar onde
    todos os sonhos se realizam
    a Felicidade é constante
    e o sentimento maior é o Amor
    este lugar é o seu Coração...
    Procure nele e você
    encontrará as respostas pra tudo.
    Bom final de semana

    ResponderEliminar
  5. Os comportamentos são limitados por duas bermas: o amor e o medo.
    Pelo pouco que a conheço, sei que circula junto à berma do amor, com muita sensibilidade para o mundo, os outros, o que a leva a compreender e a descrever as realidades da vida com muita paixão e entrega de sentimentos.
    Continue a viver a vida com alegria e nunca se limite a existir.
    Obrigado por ser minha seguidora, mas dos dois blogues escolheu o mais pobre!
    Beijos
    A. João Soares

    ResponderEliminar
  6. Luísa, muito, muito belo. Palavras perfeitas como só tu poderias escrever. Não há nada mais para dizer...
    bjs.

    ResponderEliminar

Olhares de perto